É só a gente querer dar um hiatus no blog que os assuntos chegam. Meu garbosíssimo amigo Celso Dossi me mandou um e-mail com fotos dos candidatos do Mr. Gay. Não poderia deixar de comentar aqui. Lembrem-se: sou uma RACHA. Logo, nossos gostos "vareiam" muito e são bem diferentes dos gostos dos guei. Não gosto, por exemplo, das Barbies.

Mas meu Mr. Gay favorito é uma delas:

Zentchi. Assim... Vejam só que cara de marroquinho safado tem esse italiano. Ele é um Jean Reno depois de um milagre. Adoro tipos Jean Reno e, juro, faria o corpinho daquele tiozão sem ele ter que melhorar nada.

Meu segundo favorito. Acho que é o indiano. Escândalo. Adoro um parente do Apu Nahasapeemapetilon. Assim, essa alegria toda tá meio over pro meu gosto cheio de progesterona. Mas, mesmo assim, achei escândalo.

É. Esse é o marroquino. A turca gosta dos turcos, mas esse turco aí não curte nenhuma turca. Lógico. Para nós, mulheres, sobram os héteros uós. Se são bonitos, são toscos. Se não são toscos, são feios. Os pacotes completos são gays. Não existe um Tony hétero para nossa triste tristeza.

Fofo. Não é largo em proporções exageradas (não adianta, eu não me impressiono com músculos) e tem rostinho exótico. Não o achei lindo, apenas fofo. Porque vejo nele algo estranho meio Edward Mãos de Tesoura que não sei explicar. Ah, ele é filipino.

Bem. Não gostei do Mr. Gay Austrália. Tem cara do típico mecânico australiano perdido no meio do outback australiano. Parece ter fugido daquela cena dos metalúrgicos no filme "Priscilla, a Rainha do Deserto". Mas ok, esse é o meu gosto, eu sou uma racha com estranhos valores de beleza e o Jean Reno me deixa babada.

Israel. Achei muito bonitinho, dá vontade de pular o muro e cruzar a faixa de Gaza (em vão, sou racha). Seria melhor se tivesse pescoço.

Kkkk, Jesus, me chicoteia! O que é esse Mr. Gay USA? Que rostinho feio: boca de chupar tamanco e orelhas de abano. Tanto homem bonito naquela terra e elegem isso? Ah vá...

Kkkkk, parece que o alemão exagerou no Dental White. Me fez lembrar daquele episódio do Friends... Quando o Ross faz tratamento para clarear os dentes e vai para um date com luz negra. Esse aí causaria no Madame Satã (ainda existe? ô antro de gente feeeia).

Minhasamigabiba: é sério que vocês acham o Mr. Gay Holanda bonito? Bem, se tem gente que curte Barbie, tem gente que curte Bratz (as Barbies cabeçudas). Nojinho.

Adoro a egípcia posando na frente do quadrinho com Hayat (prece islâmica). Mas o topetinho é de matar. Tem um je ne sais quoi de bicha pobre que vai na Danger. Aquele aviso que diz que a "perca" da comanda implica no pagamento de um valor boliu meu juízo (kkk, nunca fui na Danger, tenho nojinho... mas me contaram).

PUTA QUE ME PARIU! QUE HOMEM FEIO! É o Mr. Gay UK. Espero que tenha, ao menos, todos os dentes.

Adoro o Popeye da Venezuela. Não me levem a mal, achei-o bonito e tal. Mas esse chapéuzinho o deixou muito caricato e detesto muuuuito esse esteriótipo de sailorman erótico. Até porque prefiro homens de uniforme e trajes típicos.

Alô, Chrystynnah? Eu costumo dizer que a Noruega é o país com homens mais bonitos por quilômetro quadrado. Mas não sei o que viram nesse moleque com cara de coroinha de Paróquia. Sem falar da produção chat line da foto. Parece ter saído do catálogo da "Talentos Brilhantes".

Então entrei no blog do Marcos e vi os outros candidatos. Afffe, vejam esse turco da SÍRIA. Modéstia a parte, mas ô racinha boa a minha. Então lembrei da mulher que gostava de gays e mudou de sexo só para namorá-los. Não, não estou pensando em fazer isso. Mas gente... Esse Mohammed deu de 10 a zero em todos os candidatos na minha opinião e acabou desbancando meu italiano favorito.

Kkkk, olha o pãozinho doce do Sueco dizendo "oooiiii" sob a cueca. Ele tem cara de bebê Johnson crescido. Que nojim, meu Padim Ciço.

Caramba. Esse português é muito garboso, também. Adouuuuro... Ah, Manuel, tu na cabeça tem titica, larga de putaria e vá cuidar da padaria!

Ok, vou parar por aqui. Parei o blog porque estava meio deprê e tinha fechado essa bodega. Realmente, não tenho physique du rôle pra fazer a deprimida. Mas é isso aí, tive que comentar. Tiiiive que comentar.

beijosmeliga



Escrito por Ana Karina Patricia às 12h03
[ ] [ envie esta mensagem ]


Gente, gente. Eu voltarei. É que agora tô meio fodida da Silva Sauro. Obrigada pelo carinho. Voltem lá pelo começo de dezembro. Muita coisa pode mudar até lá, inclusive o layout...

besos

Karina



Escrito por Ana Karina Patricia às 16h54
[ ] [ envie esta mensagem ]


Não, caros. Não apaguei o blog. Se vocês forem até os arquivos, tudo estará lá. É que às vezes a vida entra em uma marcha ré, te bota num cavalo de pau e te fode.

É isso. Volto em breve.



Escrito por Ana Karina Patricia às 10h26
[ ] [ envie esta mensagem ]


 

Escrito por Ana Karina Patricia às 00h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


meu cu com jiló

Gente, se eu entro no MSN com o sinal de ocupado, não é porque estou na frente do computador jogando gamão. Caralho, dá pra juntar o tico com o teco e não ficar putinho porque eu não RESPONDO QUANDO ESTOU OCUPADA? Idem para sinal de AUSENTE (porque não estou ao lado).

Tá difícil ou vou ter que desenhar?

Pronto, tá desenhado. Se não entender não faz o autista que meu MSN não é Instituto Pinel. Ô buceta!



Escrito por Ana Karina Patricia às 16h41
[ ] [ envie esta mensagem ]


Boicote ao artista que matou cachorro em exposição na Costa Rica



Pessoal, nos ajudem: assinem a petição online para boicotar a eleição de Guillermo Habacuc Vargas para representar seu país na "Bienal Centroamericana Honduras 2008".

Gente, que absurdo sem tamanho. Vejam só a história:

Um artista da Costa Rica, Guillermo Habacuc Vargas, expôs um cão vadio faminto numa galeria de arte. O artista capturou o cão e o manteve preso na exposição por uma corda curta.

Ninguém alimentou ou deu água ao pobre cão que morreu durante a exposição.

Guillermo Habacuc Vargas foi o artista escolhido para representar o seu país na "Bienal Centroamericana Honduras 2008".

Existe uma petição onde é pedido que ele não receba este prémio. Por favor assinem preenchendo o Nome, email, Localidade e País.

É RÁPIDO, GENTE! POR FAVOR NOS AJUDEM! Assine a petição. Não esqueça de clicar em APPROVE SIGNATURE depois de visualizar a sua assinatura:

http://www.petitiononline.com/13031953/petition.html

Depois de assinar, por favor repasse para seus contatos. Já tem mais de 18.000 assinaturas do mundo inteiro.

Link com a notícia:

http://www.nacion.com/ln_ee/2007/septiembre/14/aldea1239344.html


DIVULGUEM! DIVULGUEM! ASSINEM E REPASSEM!!!

Obrigada!

http://3amiguinhos.nafoto.net/



Escrito por Ana Karina Patricia às 11h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


macumba, minha macumba

Após uma de suas viagens pelo Brasil, mamãe voltou de Belém com vários badulaques, presentinhos e produtos naturais tal como o bronzeador de urucum com mel - pra me deixar bronzeada e cheia de abelha. :) Adoro muito tudo isso, principalmente as simpatias, as fitinhas coloridas, os santinhos.

Ah, minhas cálega. Atire a primeira pedra quem nunca enfiou o Antônio (o santo) de cabeça para baixo no copo d'água pra ver se desencalhava. Eu mesma já fui a missa no Pari pra pegar pãozinho, bênção, comer o bolo e casar. Cêis acham que Islam tem santinho, milagrinho, fitinha? Nhá, é um saco.

Pois foi em uma dessas vezes que dona Bubu chegou em casa com um vidrinho de óleo com um rótulo onde se lia "atrativo da perseguida", uma macumbinha básica da bota (a mulher do boto) que prometia um poder de sedução mais forte do que mojo e feromônios juntos. Era só passar umas gotinhas na pele que a poção faria milagres...

Pois bem: um dia conheci um indiano escândalo, praticamente um Sharukh Khan de Bangalore. Soube, mais tarde, que o garbosón estaria com um grupo de amigos nossos e me montei toda para socializar. Estava na hora de testar o meu segredinho de Bélém do Paráááá-ááá-ááá!

Lembro-me como se fosse ontem: coloquei uma blusa prata arraso com paetês, saltão, cabelón escovadíssimo, make up escândalo e lá fui eu. Estava prontinha pra sair de casa e pinguei uma gotinha na pele. Lembro-me bem do cheiro, parecia Epocler. Inhéca. Mas fiz o truque de passar um Thierry Mugler depois pra dispersar a nháca, assim, bem Catherine Deveuve. Chique sem ser pedante.

Ainda compartilhei o babado com um amigo via MSN: ele havia me pedido um pouco do poder da mandinga do Pará pra fazer a Joelma e arrasar na sensualidade com o bofe na mesmíssima noite. Mandei aquela good vibe que viajou até Brasília. E deu resultado, zentchi!

O resultado é que o indiano passou mal e voltou pro hotel. E o bofe do meu amigo furou o encontrou. Ou seja: a bota nos fodeu.

Tá?

boto rosa que não sonha, meu cu

* Expresso aqui o meu odinho contra a expressão "Belém do Pará". É lógico que Belém é do Pará. Ou acham que iríamos até Bethelem, em Israel, cantando poeminha de William Blake? Till we have built Jerusalem in England's green and pleasant land.



Escrito por Ana Karina Patricia às 13h47
[ ] [ envie esta mensagem ]


Séquiço, séquiço!

Outro dia comprei um livro entitulado "Sexualidade no Islã", excelente leitura embora o tom seja puramente acadêmico e dê um sonozzzz... Lembrei de quando o Bubby assistiu ao filme pornô da Xuxa (não viu? clique aqui) e ficou chocado com a explícita mensagem de pedofilia feita por uma apresentadora infantil.

É.

Então perguntei se ele não conhecia nenhum filme de Lollywood com sexo e violência. Ele disse que não, mas que conhecia uma penca de filmes em pushtu (idioma falado no Afeganistão e Fronteira Noroeste) que são daqui ó.

Kkkk, que Yansã abençoe a Pushtuwood. Avancem o vídeo até seus 50 segundos, é aí que a cousa fica boa: catfight entre duas gostosas locais, um terrível assustador urso negro selvagem com garras afiadíssimas, um galã corajoso num clima de violência e sensualidade. Não é magia, é tecnologia!



Escrito por Ana Karina Patricia às 11h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


Com amor para minha mamãe.

Eu sei que a senhora sempre se esforça para não perder um programa da Palmirinha. Tudo na esperança de ver a velha empacotar no ar e cair com a cara na farinha. Kkkk! Acho legal, até porque, num desses dias que almocei em casa, ouvi que o Ronnie Von "é idoso, mas é bonito".

Mammy, para o seu deleite, olha que achei no youtubíl: sua apresentadora favorita conversando com o ponto eletrônico. Mwáh, mamãe.



Escrito por Ana Karina Patricia às 22h48
[ ] [ envie esta mensagem ]


Aaaaah vezes vinte.

Voltando pra casa, hoje, dirigia pela Sergipe para cair na Itambé e eis que vejo que a Blockbuster ao lado do Cemitério da Consolação, agora, comporta uma AMERICANAS EXPRESS.

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAH!

Turca adora uma pechinchinha, um DVDzinho barato, chocolatinhos, shampoos Eh!, promoções de absorventes femininos, Barbies, CDs baratos, papelaria da Hello Kitty, promoção de Pringles, esmaltes, produtos da L'oreal com desconto... AAAAAH!!! AAAAH!!! AAAAAAAH!!!

Tô loca da Kacyulenny.



Escrito por Turca Sofistinha às 22h36
[ ] [ envie esta mensagem ]


O final de semana em Ah! Libanesa!

Nada como iniciar o findê no dia 20 de outubro com uma celebration: dia em que meu caríssimo e lindo Tony Góes completou mais uma primavera. Mwáh, mwáh, mwáh. Te amo pra caralho, homem bonito que deixa as fruit flies babada.

Ameegas: além de lindo ele é cheiroso. Tá?

E ao raiar do sol em Sampa City lá estava eu dirigindo o carro da mamã com meu poodle ao bordo para buscá-la no aeroporto. Eis que descubro uma fantástica capacidade cognitiva do meu poodle: aprendeu a abrir a janelinha e colocar o cabeção pra fora. Por mais que eu a fechasse, o animalzinho tornava a reabri-la.

Ti bonitziiiinho.

Ele levou menos tempo para abri-la do que eu levei para descobrir como travá-las.

Wewé em foto "o cachorro de Nazaré"

Voltei sleepless pra casa e segui para o Bar Brahma. Lá fui acompanhada pelos lindíssimos Marcos (o virtual carioca), Will and Flávio. Nos jogamos no samba. Rê, uma amiga loira lindaaa de parar o comércio, pra variar, arrasou ao lado de Sabiá, nosso passista favorito do bar. Já Marcos e eu mostramos o gingado teutônico dessa tez sofredora de ausência de melanina que nos envolve.

Nos divertimos horrores dançando no meio do povo e vendo as Creusa descendo na boquinha da garrafa ao som de "meu barraco desabou". Nota dez para a gordinha sem medo de ser feliz que cacoalhou sua pancinha feita de gelatina Royal, aquela do Bocão. Mwáh, beijosmeliga.

Tony não esteve conosco, pra variar. :( Estava lindamente enfiado (hmm...) na Mostra. Pois saiba, Toninho Malvadeza, que sentimos muito a sua falta. Assinado: seu fã clube.

Reparem na quentinha do Marcos... Gente phynna é assim, come PF até na baladzeenha. Colocaria mais fotos e vídeos, mas dependo do Flá. Mwáh.

Saímos de lá depois das oito e seguimos para nossas casitas para tomar um banhozinho rápido (2 horas) e nos jogarmos chez Tony. Piramos com a nova descoberta de nosso anfitrião: Shantel, um DJ que produz músicas com influência balcânica e turca.

Fiz a fenícia, adorei!!! Sempre em ótima companhia: Marcos (faltou Will, e que falta que fez), Flá, Rosner, Adriano, o introspectivo Tiago, dois leitores queridíssimos: Alê e Celso. Mwáh. Todos muito lindos deixam essa turca mal acostumada... Ainda conheci um amigão do Tony, o Zeca, que é um escândalo de garboso pessoalmente. Sem esquecer do sempre maravilhoso e charmosérrimo Herbert.

Aí, no dia seguinte, quando tenho que buscar uma amiga no aeroporto doméstico em Sampa e vejo como é feio o povo brasileiro... Dá um banzo...

Mas, voltando a festa: foi um ahhhhaso. Nos jogamos no Champagne e tive que me segurar para não cantarolar o sucesso de mesmo nome de Peppino di Capri.

É, esse mesmo.

Saímos de lá quase às 4 após prosear e prosear e prosear. Aproveitei o efeito do espumante para recolocar em dia meu tão sofrido sono. Hmmm! Só saí da cama às 15h e voltei pro quarto após conversar um pouco com a mãe, o marido, o caxórro púdul. Reassisti "Encontros e Desencontros" da Sophia Coppolla pela enésima vez e tive que estar de pé às 19h para buscar uma amiga em Congonhas.

Hmmmm. Kkkkk lá fui eu buscar a Nena, que retornava do Sírio de Nazaré, em Bélém do Párá, terra da Banda Calypso. Ela e mamã se jogaram na comemoração católica, comeram pencas de açaí com tacacá e fizeram a Joelma. Confesso que morri de inveja e gostaria muito de estar lá.

No mais, sigo cantarolando o soundtrack da viagem:

O homem de Nazaréééééééééééé, numa belíssima releitura de Pierre Simões. Kkkk!

Eis que o mundo cai em São Paulo, Congonhas é fechado, todos os vôos são cancelados e ninguém informa nada. Ô pessoalzinho mal-treinado... Perdemos algumas horas da noite pela imcompetência dos funcionários que não sabiam informar nada. Só soubemos que o vôo havia sido remanejado para o Galeão porque a Nena nos avisou.

Grrrrr!

O pior foi presenciar um funcionário da Ocean Air discutindo com um passageiro que não havia sido avisado que a decolagem de seu vôo não mais seria em Congonhas, mas em Guarulhos. Sem tal informação, o passageiro havia perdido o ônibus da companhia e perguntava ao funcionário o que deveria fazer.

- O senhor deve ser surdo, então, pois coloquei 74 passageiros no ônibus, menos o senhor. - respondeu o funcionário.

Fiquei bege com a má educação do funcionário. Se fosse empregado meu teria sido demitido ali na hora. Não preciso nem dizer que o passageiro ficou putíssimo.

E a aviação cresce a passos largos contratando gente tosca pra cacete: o mercado é imenso, as empresas aéreas são poucas. Nossas principais companhias estão recebendo mais e mais aviões e gerando mais e mais empregos. E lá vêm as Katylcelennes e Grégorys da vida.

Odinho. Mas o que exigir de funcionários quando os passageiros themselves são horrorosamente mal-educados?

Congonhas, Guarulhos e Viracopos haviam sido fechados por mau tempo. Os passageiros nas filas da Gol ameaçavam atacar os balcões da companhia aérea. Puta que pariu! Vão processar São Pedro, caralho! Ô gente burra.

Contei 3 pessoas furando fila na minha frente, hoje. O que aumentou geometricamente o meu odinho. Uma Kacyulenny na fila da revistaria do aeroporto, outro gordinho que correu para passar na minha frente na fila do caixa do estacionamento e uma moradora de Itaquera que furou a fila na disputadíssima Bella Paulista. Engrossei o coro com as bees inconformadas: sua ridzículaaaa!

Aliás... Rafa, esqueci meu copo de suco de laranja na frente do computador antes de sair de casa. Agora, quando cheguei, encontrei um time de formigas de todas as seleções mundiais de nado sincronizado aqui mortinhas no meu copo. Kkkkkk! Essas formigas me fodem.

Gente, por hoje chega. Boa semana pra vocês. Vou descansaaaaaaaaaaaar.

beijosmeligaaaaaaaaaaaaaaaa



Escrito por Turca Sofistinha às 00h37
[ ] [ envie esta mensagem ]


Não dá, esse trânsito de São Paulo me deixa lôca da b&c%t$. Tá na mora tirar o bração pra fora pra "reforçar" a seta. Especialmente em carros furadores de fila que cortam aquele congestionamento onde você está engarrafado por horas. Grrrrrrrrrrrrrr. E as meninas Sandy que dirigem grudada na direção a 30 km/h e empatam o trânsito? Motorista de ônibus, taxi, carretos. Policial que liga o giroflex pra comer coxinha mais rápido...

E eu fodida.

Sabe o que é pior? Deixei um pedacinho de panforte di Siena ao lado do teclado por 5 minutinhos e quando peguei... Tava cheio de formiga. Foda-se, chacoalhei e ingeri mais proteínas.

Meu koo. É hoje, meu Deusu.



Escrito por Turca Sofistinha às 16h48
[ ] [ envie esta mensagem ]


Bitch-a-zeer Bhutto

Dona Benazir a-do-ra dizer que, se o Paquistão cair nas mãos dos políticos religiosos, o país tá f%$#@. O que não deixa de ser uma verdade, ninguém quer uma nova Teocracia Islâmica no mapa mundi.

Mas, fia, voltar para um país de onde a senhora foi expulsa após anos de corrupção achando que tudo ficaria bem não cola, né gatza? Todos nós sabíamos na merda que isso daria. Os atentados de hoje (139 mortos e mais de 600 feridos) são uma prova da sua presença maligna em uma terra de situações políticas tão esquisitas.

Infelizmente a madame saiu intacta ao custo de tantas vidas e feridos graves. Disse, ainda, que voltou para "salvar o Paquistão". Então tá. Contem até dez e, em menos de 9 tempos, a situação piorará horrores.

E querem ignorar o potencial de destruição de um país que armazena membros do Al Qaeda, Taliban e outros braços extremistas? Se quiserem posso guiá-los em uma visita até Peshawar.

Mas levem um caderninho para anotar quantos talibans você viu ao dar uma simples volta no quarteirao. É fácil: são os turbantes de pontas longas em preto com faixas brancas finas.



Escrito por Turca Sofistinha às 11h13
[ ] [ envie esta mensagem ]


Non capisco un cazzo.

Sabe uma coisa que não entendo? Não entendo como a mulherada acha bonito fazer francesinha na unha. Acho horrendo, pobre, brega, Lojas Marisa, Terminal Santo Amaro e Shopping Anália Franco, tudinho disso. Quase tão grave como arte nas unhas.

Mas tem algo pior, sim: as tais francesinhas com esmalte preto. Meu Deus! Como alguém que se diz Posh Spice pode pagar pra dar um look mecânico com unhas cheias de graxa?

Ok, ok, Nelson Rubens. Acho que isso é um pouco pior.

Agora me dêem licença que eu vou gorfar.



Escrito por Turca Sofistinha às 11h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


vai comer agora ou quer que embrulhe?

Sabem com quem eu almocei ontem? Com três homens muuuuuito bonitos. Um deles é esse aqui. Só faltou esse aqui, sem ele não teria conhecido aqueles três ali. Só que esse último está über ocupado e enfiado (hmm...) na Mostra. Sim, te perdôo. Porque te amo, só isso, tá? E porque vou me enfiar (hmm...) também.

beijosmeliga!



Escrito por Turca Sofistinha às 11h03
[ ] [ envie esta mensagem ]


festinha da Emirates

Olá galerinha da pesada que frequenta meu brógue. Pois é, não comentei a festa de estréia da Emirates antes porque não fui convidada mesmo, meu sobrenome comprido não é quatrocentão... É só comprido, mesmo.

Restou-me ver a pândega televisionada no Amaury Jr. Kkkkkk! Adoro. Zentzi... Festa da maior companhia aérea do monde arabe e do mundo todo (ok, eu sei, a Singapore e... foda-se a Singapore) e enfiam espetáculo de DANÇA IRLANDESA pra brasileirada e turcaiada ver. Meu kookomfritas: temos as melhores e mais bonitas dançarinas do ventre do mundo (a Lulu, a Shams, a Roberta), músicos super profissionais na comunidade árabe daqui e grupos folclóricos que pipocam nos clubes sírio-libaneses da cidade. E enfiam umas ruivinhas água de salsicha pra sapatear?

Oh please, make me a mistake (me erra).

Galisteu aproveitou a exposição na náite para falar mal do patrão, de como está infeliz no SBT e apresentar seu bofe novo. Assim, achei super profissional, né? Decadence sans elegance total da mocinha do cheirador esquisito. Mas o vestido dela estava um arraso. Muito brilho, do jeito que a turca gosta.

Tem que ser muito bonita, descontraída, a comissária. Meus cameramén, foca aqui as minha linda cálega.

Muitas das comissárias da Emirates são brasileiras. Porque o profissional da aviação made in Brazil é um dos mais valorizados no mundo. Não resta dúvidas de que as meninas são ótimas. Mas dizer que "Assalam Aleykum" significa "bem-vindo" é muito feio. Péééim.

Sheikh Maktoum no meio, um gato.

Não posso deixar de comentar a entrevista da repórter com o Amaury. A pobre moça não conseguiu entrevista-lo direito, estava nervosíssima e com um tique horroroso de falar "ahn" entre cada palavra pronunciada. A prova máxima do amadorismo e mediocridade do programa Flash deu-se quando ela perguntou:

- Ahn... E o problema... Ahn... de terrorismo... ahn?

Meu Deus. Agora só porque é árabe é terrorista? Quem foi a anta que formulou as perguntas brilhantes como "como é ser um Sheikh"?



Escrito por Turca Sofistinha às 23h46
[ ] [ envie esta mensagem ]


freak le boom boom

Deu no Uol:

Participantes do concurso Miss Bumbum no Japão se exibem em Tóquio; Kaho Watanabe (a segunda da direita para a esquerda) foi a vencedora

Vamos combinar... Concurso de bunda no Japão? Qual será a próxima bizarrice? Rei Momo no Somália?



Escrito por Turca Sofistinha às 13h01
[ ] [ envie esta mensagem ]


my very fucked up morning

Lá fui eu pro dentista. Há um mês mordi um chocolate e achei que a obturação tinha caído. Mas era o dente que tinha quebrado, mesmo. Ou seja, tava um rebosteio geral em um dos meus molares superiores já que a merda deu uma puta infiltração. Quase ganhei um canal, mas não foi necessário. Em compensação sofri horrores na cadeira e tive que tomar um sossega leão.

E na hora de pagar, não tinha dinheiro suficiente. Eis que a mocinha me sugere:

- Quer passar um cheque?

Kkkkkk... É, não fode. Desde a invenção do cartão de débito, passar cheque é uma coisa que me deixaria cagada. Kkkkk!

Voltei pra casa naquele puta trânsito absurdo que tira a minha liberdade de ir e vir (e de andar de bike no minhocão) e comecei a ter alucinações envolvendo queijo Emmenthal e Panforte de Siena. Tive que parar no Santa Luzia pra acalmar as lombriguinhas e, depois, queimar as 1.236.598.896 calorias na malhação braba.

Até agora não entendo porque comprei um pacote de sopa kosher e uma lata de capuccino japonês. Acho que preciso dormir.



Escrito por Turca Sofistinha às 12h41
[ ] [ envie esta mensagem ]


Notícias de Belém

Mamã está em Belém nesse very same moment. Ligou pra dizer que trará sorvete de castanha do Pará com coco. E que está no mesmo comdomínio onde vive o "Ximbiquinha" da Banda Calypso.

ADOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORO!!!

Ahasa no Chimbinha, Jô.



Escrito por Turca Sofistinha às 15h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


Madonna for Everyone

O Introspecthive fez, o BHY também postou, logo, vou copiar e te pergunto: quais são as suas 10 músicas favoritas da Maddie?

1. Sorry - ADORO, ADORO, ADORO. Porra, adoro. Tenho vontade de colocar patins e peruca loira ouvindo isso. Adoro. E mais, tenho vonta de patinar assim numa esteira de bagagens de aeroporto. Ok, me passa o Lexotan agora.

2. Material Girl - Um clássico Disney que me faz pensar na Xuxa. Duas loiras que começaram feinhas pra caralho. Uma virou a Madonna, outra, a Xuxa. Kkkkkkk. "Experience has made me rich and now they are after me". É sempre assim, né, Maddie? Por isso que prefiro procurar alguém mais rico para não correr tais riscos! Néahn?

3. The Power of Good-bye - "I was your fortress you had to burn, pain is a warning that something’s wrong, I pray to God that it won’t be long". É, não é Fernando Pessoa mas dá bem pro gasto. E ela não está lindademorrer, a cara da Monica Belucci no clipe?

4. Get Togheter - Bonitinha. Daquelas que você tem que ter sempre no Ipod. Ok, eu não tenho Ipod. Mas você entendeu, né? E "Foston" é teu koo, não me eskoolache.

5. Ray of Light - Quem não ama a música do Windows XP?

6. La Isla Bonita - Adoro quando Madonna incorpora nacionalidades e faz disso uma modinha. Isso é super Karina Buairide, pois confesso que tenho meus momentos Finlândia, Polônia, Turquia, Paquistão. Tenho roupinhas étnicas de vários países, maquiagens, jóias e sapatos. Ok, nunca banquei a latina, confesso que sempre achei o povim mei fei... Mas Maddie o fez maravilhosamente bem com seu sotaque American Woman. Adoro o tiozinho gordo que dança segurando sacolas plásticas. É luxo no Harlem.

7. Frozen - Totalmente 90's, adoro essa baladinha. E olha que não gosto de baladinhas. Maddie não fica um ahaso quando está morena? Algo meio Aishwarya Rai meets Zhang Yiyi.

7. Jump - Uma das músicas que mais adoro ouvir quando estou dirigindo.

8. Human Nature - Maddie, pelo amor de Allah, volte a ser puta. Adoro essa música, o clipe é ó-te-mo.

10. Nobody Knows Me - Passei a gostar ainda mais depois de assistir o tour Re-Invention. Vamos combinar que essa música é muito melhor quando remixada. Mesmo assim, adoro, adoro, adoro.

Tony, vamos fazer o Top 10 da Dalida?



Escrito por Turca Sofistinha às 14h25
[ ] [ envie esta mensagem ]


Sampa for (very fucking diehard) dummies

Meirelles está filmando Saramago em Sampa com a lindíssima Julianne Moore. Obrigada, Fernandzeenho. Nossa cidade agradece. Pena que os paulistanos e outros que aqui vivem já estão putinhos com o tráfego interrompido em algumas locações. Deu na Folha que uma habitante reclamou do lixo cenográfico. Moça... lixo cenográfico é de mentirinha, tá? Será recolhido depois? Por isso é CENOGRÁFICO. Ninguém chegou aqui pra entupir uma rua com dois caminhões de lixo e, curiosamente, aumentar a circulação de dinheiro na cidade.

Minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá e, puta que pariu, não um caralho e tenho que desenhar. Povim tacanho!



Escrito por Turca Sofistinha às 12h16
[ ] [ envie esta mensagem ]


gostaria de dedicar esse vídeo pra minha mãe, pro meu pai, pro Caboclo e pra você.

Porque o Caio não apagou essa cousinha que deixei no escrepebook dele em agosto? Kkk.



Escrito por Turca Sofistinha às 10h37
[ ] [ envie esta mensagem ]


me deixem ser rica em paz

Hoje, organizando minha papelada, encontrei um cartão postal enviado por Bat Biscate diretamente para moi. Ficou perdido entre contas de celular por meses... Temos um Leprechaum de estimação que vive a fazer suas reinações aqui e ali sumindo com tudo, o nome dele é Maria. :(

Havia esperado taaaanto por esse cartão. Explico... É um daqueles cartões freebies que você pega ali e acolá. Sobre criancinhas carentes. Até aí ok, não teria nada de sensacional se, no meio da favela, não houvesse uma com a camisa do Curíntia. Mwahuahuahua.

Aproveitando o assunto Bat Biscate (te amo, you're the sun and everything), adorei o post "um dia de Bianca" que colo aqui descaradamente. Sabe porque? Quando era pequena meu apelido era Bianca. Meu Jack já disse que sou a própria. E Bat Biscate também é. Não tá entendendo, bello?

Explico...

"Hoje Acordei Bianca Enfurecida.
Uma coisa assim Ovos de codorna e Caviar vou fazer compras ate me acabar.

Sabem, algumas pessoas tem "Um dia de Princesa" eu tenho "Um dia de Bianca".

Só para constar, Bat Biscate e Jack... Amo vocês. De paixão, loucura e perdição. Quero-os imediatamente, sem pecado e sem juízo. :(((



Escrito por Turca Sofistinha às 10h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


Nonô deve ser brasileira. Não desiste nunca. Vejam a capa de seu novo álbum. Huahuahua, é tão feio rir da desgraça alheia... Mas como sou nefasta (já dizia uma bicha bipolar anônima em blog de um amigo), lá vai:

Bon weekend, bees. :*



Escrito por Turca Sofistinha às 13h46
[ ] [ envie esta mensagem ]


tem gente

Tem gente chique. Tem gente brega brega brega. Brega brega brega.

Amém.



Escrito por Turca Sofistinha às 11h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


Dubai for dummies. I mean it.

Às vezes me pergunto porque jogo meu rico dinheiro no lixo ao assinar a Folha. Acho vexaminoso um jornal desse porte gastar toneladas de papel para imprimir uma coleção de reportagenzinhas fracas no caderno de turismo... A bio e a atmosfera agradeceriam.

Não é preciso muito tempo de experiência em redações para notar que boa parte das matérias são escritas por pessoas que não sabem muito bem sobre o que estão falando, que não conseguem abandonar o lugar-comum de reescrever press-releases e utilizam fotos que só faltariam ter aquela marquinha da data para mostrar ainda mais amadorismo.

Geralmente não me aborreço com esse caderno e não desejo que a Folha o extermine, até porque papel extra é bom para cobrir a área onde meus cachorros aliviam suas necessidades fisiológicas. Mas a reportagem de hoje, sobre Dubai, está imperdoável.

O repórter não conseguiu quebrar o limite da mediocridade ao reescrever (mal) o que todos já escreveram: a cidade é um canteiro de obras, o turismo é a nova base da economia do emirado já que o petróleo está acabando, a população não passeia pelas ruas devido ao calor senegalês e toda a sorte de coisas que todo mundo já sabe.

Pior: parece-me que ele foi enviado a Dubai! É impressionante como um cidadão que conhece o lugar pessoalmente não consegue trazer nada de interessante para dizer! Não contente em falar o óbvio o jornalista foi além e trouxe uma coleçãozinha de parvoices que esta libanesa jamais deixaria de comentar:

A partir de Dubai, um vôo rápido leva o turista à Jordânia, para visitar a famosa cidade de Petra. De Amã, capital da Jordânia, em 20 minutos de viagem chega-se ao aeroporto de Tel Aviv -e dali rapidamente viaja-se a Jerusalém.

Não, não, não, não, não. Ninguém contou ao repórter (ou ele não leu nada sobre as rígidas normas da imigração dos EAU) que pessoas com o passaporte com carimbo de Israel em QUALQUER página do passaporte não pisa em solo emiresco. A não ser que você tenha dois passaportes, se deseja visitar Israel, faça-o após os Emirados. Mesmo que você deixe Jerusalém por último, como explicar o carimbo israelense no aeroporto de Dubai na hora da volta?

Já no texto "Diferenças culturais podem deixar o turista em saia-justa", o repórter é infeliz ao dizer que:

Na mesquita Jumeirah, que é a única que admite a entrada de não-muçulmanos, Patrícia [Travassos, repórter so SBT que havia sofrido saia-justa no templo] tentou falar com uma senhora.

Não é a única que admite entrada de não-muçulmanos. Mas sejamos razoáveis: mesquitas são locais de oração, não são simples pontos turísticos onde muçulmanos são objetos de contemplação. É um saco orar ao lado de gente que aponta a câmera para você em um horário tão sagrado. E é uma falta de respeito, em minha opinião, abordar um fiel dentro do que ele considera a casa de Deus.

Não me levem a mal, não estou fazendo o mulá, aqui. Jamais abordaria alguém dentro de uma mesquita, igreja ou sinagoga, que seja. Ainda mais uma mulher em uma mesquita conhecendo ao Islam minimamente. Não estou dizendo que mesquitas não podem ser visitadas... Mas o bom senso diz que existem mesquitas para visita e outras só para orações, por favor não encham o saco!

A repórter não obteve resposta, mas a senhora chamou por celular o marido, que estava em outra parte da mesquita. Ao chegar ao local onde estavam as duas e ouvir o que dizia a mulher, o marido, de forma agressiva, perguntou à repórter com que direito ela foi falar com aquela senhora se nem mesmo a conhecia.

E com razão. Mulheres e homens rezam em ambientes distintos em uma mesquita. Não venha fazer o politicamente correto achando isso um absurdo. Vá ler Edward Said antes de destilar seu discurso islamofóbico em outra caixa de comentários antes de abrir a boca por aqui. O Islam não faz isso por "opressão" às mulheres, mas por respeito. Ok, eu sei, é difícil pensar além do óbvio, haja sinapse!

Patrícia desculpou-se e pediu autorização para falar com a mulher, o que foi negado. E mais, por suficiente, não falou.

E porque deveria falar? Porque Patricia é repórter do SBT? Ok, não estou condenando a atitude da repórter, afinal, talvez tivesse feito a mesma coisa no lugar dela na avidez de conseguir uma fala para a reportagem. Mas, poxa, me digam: o que há de sensacional em apontar o fato em um jornal? Aposto que o repórter que relatou o caso não o teria feito se o país não fosse oficialmente muçulmano.

Dica: quer saber tudo sobre Dubai? Visite o excelente blog do Arnaldo.



Escrito por Turca Sofistinha às 08h56
[ ] [ envie esta mensagem ]


Já que vocês descobriram (ou não) minhas cafonices no post anterior...

Aaaaaah... Adoro!!!



Escrito por Turca Sofistinha às 22h20
[ ] [ envie esta mensagem ]


adoro brincar de meme

Então copiando tudo da Lady Kelly...

Funciona assim: você coloca seu mp3 player para tocar aleatóriamente e toma nota das músicas e a primeira frase da música. Depois, você gasta uma hora da sua vida para organizar isso num texto e colocar no seu site/blog ou o raio que o parta, mas só a frase, sem os nomes das músicas e das bandas. A diversão é ver quem consegue descobrir quem é quem nessa lista de cinqüenta frases.

Quem tiver coragem de fazer também, avisa nos comentários. Vou feliz descobrir as músicas e coloco o link aqui. Para os corajosos, aproveitem. Mais uma coisa, NÃO VALE USAR O GOOGLE.

E se vocês acertarem a música, mas eu escrevi errado a letra, me avisem!

Sacaram?

bom, lá vai, Recapitulando:

1. I made it through the wilderness
2. I've been cheated by you since I don't know when
3. I sat down and wrote this letter
4. Her name is Noël, I have a dream about her
5. O cara tussiu
6. Lalalala, lalalala, agora é hora...
7. Dia após dia começo a encontrar mais de mil maneiras de amar
8. She wanted to test her husband
9. Tudo pode ser, se quiser será, sonhos sempre vêm pra quem sonhar
10. 1, 2, 3, 4, let me hear you scream if you want some more like aaah

11. Make me take the ride, free drinks on tonight.
12. Come outside and see a brand new day...
13. Risin' up, back on the street, did my time, took my chances
14. Ay mi conejito!
15. I'm the trouble starter, punky instigator.
16. Don't wanna wait 'til you know me better
17. Eu queria ser uma abelha pra pousar na tua flor
18. We'll do it all, everything, on our own.
19. Listen to the girl as she takes on half the world

20. Você pintou como um sonho e fui atrás com tudo
21. Ela me traiu usando o resto das camisinhas
22. Turn around, look at what you see in her face, the mirror of your dreams
23. Disco, Ibiza, Locomia
24. We can dance if we want to, we can leave your friends behind
25. Subele mambo pa que mi gata prenda lo motores
26. Everybody wants to be Hollywood
27. Uh huh, this is my shit
28. Yo no sabia que ella bailaba así
29. Hi, Huh-i, Hyper, Hyper-media-ocrity

30. Eu já tirei a tua roupa nesses pensamentos meus
31. You keep saying you've got something for me
32. Vem meu amor, vem com calor
33. Kelma helwa u kelmeten, helwa ya baladi
34. We can dance if we want to, we can leave your friends behind
35. Turn around
37. No reference no consequence, I think of you, I think of you
38. Quem quiser saber quem sou olha para o céu azul e grita junto comigo "Viva Rio Grande do Sul"
39. Quantas vezes como agora a reunião se extendeu até que chegou a aurora e nos surpreendeu

40. Encore des mots toujours des mots les mêmes mots
41. Você me pede na carta que eu desapareça
42. Weep oh no more oh my baby
43. Fui bailar no meu batel além do mar cruel e o mar bramindo
44. If there's somethin' strange in your neighborhood, who ya gonna call?
45. Why do birds suddenly appear everytime you are near?
46. Lo sai, non é vero che non ti voglio piu
47. My mother came to Hazard when I was just seven
48. Um dia na minha casa sentado ouvindo a Tati
49. Dicen que la distancia es el olvido pero yo no concibo esta razón
50. Though you dont call anymore I sit and wait in vain

Sim. Meu PC tá carregado com todos os tipos de músicas.



Escrito por Turca Sofistinha às 20h42
[ ] [ envie esta mensagem ]


Uma coisa que odeio é dar fora. E ainda levar aquela pisadinha. Hoje comentei em um grupo de amigos que acho grafite uma coisa horível que deixa a cidade mais feia e não consigo enxergar arte nenhuma ali. Lógico que fui massacrada pela opinião pública, afinal, é de consenso geral na nação que "os Gêmeos" são a fina flor do supra sumo dessa expressão "undergound" que você tem que gostar - senão será considerado um milico, um reaça, praticamente uma cria do Afanásio Jazadji com Conte Lopes.

E me soltam:

- Poxa, mas meu PAI é GRAFITEIRO.

Sabe? Soltam isso só pra que você se sinta mal e peça mil desculpas. Mas não estava a fim, hoje. Sou desagradável. Que saco. Vátudutománokoo.

Ô mundinho politicamente correto chato pra caralho. Por mim, mandava cortar as mãos. Duvido que em Kabul tenha uma mulher pelada horrorosa no túnel da ligação leste-oeste.

Grrr.



Escrito por Turca Sofistinha às 22h21
[ ] [ envie esta mensagem ]


burritzia

Aproveitando um dos últimos posts do meu amigo phynérrimo, Tonee, não poderia deixar de comentar a tacanhice da "esquerda" brasileira comentando o causo do Luciano Huck. Realmente, não tenho de inédito a dizer pois acredito, como muitos, que Huck nasceu judeu riquésimo e, nem por isso, se acomodou. Coisa rara no Brasil, mas, graças a Deus, muito comum em comunidades semitas (judaicas e árabes).

Desacreditei nas barbaridades que li naquele jornaleco chamado Folha de S. Paulo. Já li até apologia ao crime como razão "justificável" ao terrível sistema social brasileiro e blá blá blá, quase disseram "bem feito" só porque a fortuna do cara é maior do que o capital de muitos municípios brasileiros. Aí eu me pergunto: o que tem a ver o cu com as calças?

O que tem a ver é que ser rico no Brasil é um pecado. Parece que as pessoas tem que se desculpar pelo poder aquisitivo. Atire a primeira pedra aqui quem nunca se constrangiu com um comentário do tipo "nossa, mas você tem dinheiro e pode comprar" quando comprou uma roupa mais cara, trocou de carro ou viajou.

Gente, fiz jornalismo na Cásper Líbero. Viajei pra Europa muito antes dos meus coleguinhas e, por isso, virei a burguesa da sala. Ninguém soube que já fui muito dura e deu um trabalho do caralho para juntar o dinheiro. E por não ter usado sandália havaiana com jeans por 4 anos em um ambiente capitalism-unfriendly, imaginem como fui crucificada.

Pois enfiem todo esse discurso no cu. Porque essa pseudo-esquerdinha de merda que prega justiça social e arrota Gucci (oh, PT!) foi a mesma que suspendeu o processo de bolsa de estudos para 5 estudantes brasileiros na China. Cinco estudantes que ralaram pra caralho para obter boas notas e conseguir SEIS anos de ensino superior em Pequim, na, nada mais e nada menos, que a Tsing Hua University of Bei Jing.

E sabe porque não foram? Porque filhos de deputados dessa corja que rodeia o presidente que muitos de vocês elegeram queriam viajar pra China de graça. Pois, não sei se vocês se lembram, a China estava super na moda em 2004 e 2005.

País tacanho, gente tacanha, jornalistas tacanhos, leitores tacanhos, políticos tacanhos e um povinho de badalhoca.

Depois me perguntam porque desisti do jornalismo. Não é muito óbvio?



Escrito por Turca Sofistinha às 12h39
[ ] [ envie esta mensagem ]


he.. hehehe... hehehehe...

Te lembra algo?

...

Né?

adoro



Escrito por Turca Sofistinha às 20h36
[ ] [ envie esta mensagem ]


suponhamos que isso seja uma cadeira

e lhes digo que esse, pra mim, é o melhor vídeo do mundo...



Escrito por Turca Sofistinha às 20h30
[ ] [ envie esta mensagem ]


what a kerfuffle

Patricia Scarpin, dahling, meu bofe também não se conforma com minha piração na Sephora. Você disse que seu marido passa o maior carão? Pois deveria passar o CARTÃO!

Will, que vergonhaaaa você entrar no meu blog e se deparar com o post da cabritinha.

Mari, não tô de greve. Tô sumida mesmo. Amanhã resolvo parte da minha vida e te ligo, mwáh. Te adoro, guria.



Escrito por Turca Sofistinha às 23h44
[ ] [ envie esta mensagem ]


cabritinha

Vejam isso: http://www.orkut.com/AlbumZoom.aspx?uid=6113412049171564434&pid=1

Agora vejam o vídeo abaixo. Poderia dizer que estrela como uma das 5 coisas mais bizarras que já vi na vida ao lado de pornografia com coprofilia (gente comendo cocô), a lula gigante da Austrália e o chupacrabra seco do Gugu. Não quero imaginar o que mais rolou com Juju e Fofinha, as pobres cabritas.

Dá licença que vou amassar meu lexotan no iogurte depois dessa...



Escrito por Turca Sofistinha às 13h31
[ ] [ envie esta mensagem ]


kkkkk

Estava saindo para ir a academia quando me deparo com isso, na primeira página da Folha:

Realmente, saber que milhares de documentos oficiais estampam a palavra "Congreço" me faz dar meia volta na porta de casa só pra dar uma postadinha.

...

Pois lá vou eu ver meus bofes fedidinhos. Mas se tomarem um banho e passarem uma "água de Colônia", ficam todos garbosos, embora eu duvide que saibam a diferença entre uma macadâmia e um grão de bico.

Mwáh!

E não, não é uma academia GLS, senão já estariam cheirosos mesmo suando - assim como eu que carrego todas as minhas frescurinhas na mochila: make up, creminhos, baby wipes pra limpar o pezinho antes e durante e depois...



Escrito por Turca Sofistinha às 08h32
[ ] [ envie esta mensagem ]


Adoro.



Escrito por Turca Sofistinha às 14h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


sonhos

Dizem que sonhos tem significado. Mas ninguém os interpreta melhor do que a Maria, que trabalha aqui há anos. Ontem, por exemplo, minha mãe sonhou com a minha avó. Também sonhou com meu poodle nadando numa piscina.

Segundo a Maria, deveria ter jogado no bicho: na cabra e no jacaré. Porque toda vez que sonhava com a Dona Diva (minha avó), jogava na cabra e ganhava a cabeça. Mamã arriscaria um carneiro após o "sonho molhado" do poodle. Mas, sapientemente, Maria nos sugeriu o jacaré (bicho rodeado de água).

E não é que deu, menina? Hoje deu cabra e jacaré!

Outro dia Mary disse que o Pacheco (nosso papagaio) tinha acordado feliz e que jogaria no peru. E não é que deu, menina?

Sim, você pode me ligar e pedir o palpite dela pro dia e tirar um dinheirinho pra balada. Mas, lógico, cobramos uma pequena colaboração de 10%. :)



Escrito por Turca Sofistinha às 22h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]

 

ah!libanezza!




BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Italian, Viagens, Livros, Fotografia


    

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from karinabu. Make your own badge here.

[ moody me ]


[ adoro ]
 23a. Idade
 3 Amiguinhos
 40 Graus Celsius
 Airline Meals
 Al Jazeera
 Ah, tá bom então!
 Bat Biscate
 Brasilsky Komsomolets
 Cabeça Errada
 Caboclo Sem Dente
 Carioca Virtual
 Ciência em Dia
 El Cronopio
 Historinha
 Daniel Becher
 Dusko Du Swami
 Dawn
 Indi(a)gestão
 Introspecthive
 É tudo puta!
 Fazendo a Mendiga
 Irea
 Estrupixels
 Jet Site
 Just Juste
 Fabriquinha de Clássicas
 Karinissima
 Flies in the Marketplace
 Lux-Religare
 Lonely Planet
 Lady Metal
 Gongados
 Madame Gongadera
 Made in Brazil
 Meu Ouvido Não é Penico!
 No Armário da Cá
 Pensar Enlouquece
 Perez Hilton
 Pururuque-se
 Que Pressão é Essa?
 Querido Leitor
 Sajid and Zeeshan
 Santos no Inferno
 Sedotec
 Seung Ju
 Sarajane
 Shoe Me!
 Sorry Periferia
 Stonned Bunny
 Strange Maps
 Technicolor Kitchen
 Te dou um dado?
 Tony Góes
 Modellón
 Tudo Pode Virar Crônica
 Uma Questão de... (Angola)
 Uniform Freak
 Viaje na Viagem
 Yalla!
 Oh Pakistan!
 Yuppie Guy



[ adote, doe ]
3 Amiguinhos
Anjos para Adocao
Jardim dos Amiguinhos
Jardim dos Amiguinhos - flog
Kantinho dos Peludos Novidades Bichos
Quero um bicho!
Vamos Ajudar!
Vittorio!







My 43 Places

[ brazzies overseas ]

23a. Idade
Astarojna
Balzakiana
Farofa na Neve
Meu Cantinho
No Armario da C?
O Imigrante ? um Forte
Pensamentos e Poesias
Shanghai Pudong - GRU

 


[ fun ]

Alan Sieber
Caco Galhardo
Camilla Eriksson
Kibe Loco
Maitena
N?quel Nausea
Radicci
Sarajane Fotonovelas
Sherman's Lagoon
The Far Side


[ fratelli d'Italia ]

Blob of the Blogs
Diario di Periferia
Grazie, Silvio
Il Tao del Blog
Momoblog
Se me lo Dicevi Prima
Silvio Berlusconi
Uiall?ll?
Voglia di Terra
Zoomata


[ links ]

Aria Database
Bayerische Staatsoper
Dawn
Fodor's
Footprint
Frommer's
Geoeconomy
Lonely Planet
Panrotas
Plastic.com
Reporters Without Borders
Robert Fisk
Rough Guides
World Newspapers
World Press Review
The Opera Critic
Trek Lens
Tripmates
World is Round



 



[ once upon a time ]

- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004
- 01/12/2003 a 31/12/2003
- 01/11/2003 a 30/11/2003
- 01/10/2003 a 31/10/2003
- 01/09/2003 a 30/09/2003
- 01/08/2003 a 31/08/2003
- 01/07/2003 a 31/07/2003
- 01/06/2003 a 30/06/2003
- 01/05/2003 a 31/05/2003