Porque eu sou Pró-Paquistão

Hoje um amigo indiano me solta essa: "Kari, parabéns pela vitória do Lula! Parabéns pro Brasil!!!". Não fode, né?

Agora entendem porque eu sou ÃO-ÃO-ÃO, VIVA A BOMBA ATÔMICA DO PAQUISTÃO???



Escrito por Kari às 12h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


Foda-se, eu vou pro Paquistão mesmo...

Vocês que elegeram esse bêbado analfabeto: Não quero ouvir UM papinho de política por 4 anos, entenderam? Não ousem reclamar de nada do governo porque a culpa é de vocês. E obrigada por corroborar pela trolha no rabo do povo brasileiro.

Até porque meu novo presidente é muito mais legal:

Uhuhuhuhuhu! E quem não gostar que se entenda com os líderes tribais:

Uhuhuuhuhuhuhuhu!



Escrito por Kari às 08h35
[ ] [ envie esta mensagem ]


Acho uma puta contradição essa obrigatoriedade do voto dentro de uma democracia. E também acho um saco esses petistas. Você mal abre a boca e eles começam o discurso anti-Alckmin com um vigor absurdo. Tipo, se fodam né? Hoje ouvi vários lá na minha seção, eles chegam a coagir o pessoal. Pior que Lula, só petista.

Deus, livra nóis deles, vai?

O tio é da Opus Dei? E daí? Antes Opus Dei do que Smilingüido.



Escrito por Kari às 12h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


kkkkkkk



Escrito por Kari às 16h59
[ ] [ envie esta mensagem ]


Shiva, me chicoteia, vai...

Cena: eu e Celena no restaurante lactovegetariano Gopala Prasada para um almoço casual entre amigas. Ao lado: dois tipinhos Vila Madalena. Ela era baixinha, cabelo ruim preto preso com fivelinhas multicoloridas, camisetinha baby look mostrando a barriguinha gordinha com alguns escritos em cirílico (aquelas letrinhas russas), sainha pregueada jeans e All Star vermelho. Ele era igualmente fofinho, camisa preta surrada, cabelo comprido ensebado e preso, jeans barato sem corte e um All Star. Muito Neutrox, pouco glamour. Ao nosso lado, ewww. Deviam cursar ciências sociais na PUC, pois não passaram na USP - gastaram a grana do papai fumando maconha e se masturbando ao som de "Chico" ao invés de ir pro cursinho.

Ação: eu e Celena olhamos de rabo de olho. Levantamos nossas sobrancelhas esquerdas, não trocamos palavras. Não precisa, amizade de 10 anos se entende no olhar. Evitamos comentar, mas a cara da Celena é ótima e eu sei que ela está morrendo de nojo, huahuahua.

O discurso: a baixinha brada por suas convicções políticas de esquerda (enquanto eu e Celena rezamos pra Adam Smith e companhia), diz que a-do-ra comida indiana e que se encontrou no hinduísmo, a mais bela e justa das religiões.

A minha ação: não sei se a Celena prestou a atenção, porque se tivesse... Teria ficado com a cara de "Celena não está crendo no papinho de Patropi". Bem, eu prestei.

Bah.

Vai tomar no cu, né? Justiça social e Hinduísmo? Será que ela sabe o que é um sistema de castas? Sem comentários, esse povo xexelento precisa é de uma boa surra e aulas de história.

E chapinha, e banho de loja, e banho de água e sabão, e roupas que estejam de acordo com sua massa corpórea, e um bom cabeleireiro...

Né?



Escrito por Kari às 19h27
[ ] [ envie esta mensagem ]


Óbvio ou despeito?

Sério, me tira do sério quando uma recalcada chega e solta um comentário como "ai, eu nem acho a Yasmin Brunet bonita, credo". Tipo, tapar o sol com a penera né? Negar o 2+2=4 é foda. Ok, cada um tem seu gosto e ninguém é obrigado a achar a Yamin linda de morrer, mas dizer que não é bonita... É meio over né?

Pior é quando forçam ainda mais dizendo que beleza é algo como a da Sarah Jessica Parker - o trubufu que virou símbolo sexual de cabelo ruim. Pera lá, né satanás? Dizer que a Brunet não é bonita e reconhecer que a Jessica Parker é um avião é meio too much. Ou a pessoa abilolou de vez, ou é uma despeitada justificando a beleza de suas próprias pelancas.

Pronto, disse. Sorry se você é feia e magoou.



Escrito por Kari às 19h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


Kaydon & Laydon Richardson

É, parece que as Creusa causam até quando vão pro Reino Unido. Vejam que bela notícia produto de chifre:

Foto dos irmãos gêmeos Kaydon (à esq.) e Laydon Richardson, nascidos em Middlesbrough, no Reino Unido; segundo especialistas, trata-se de um caso raro de um irmão negro e outro branco nascidos do mesmo parto.

Hahahahahaha, sensacional! Os nomes denunciam um je ne se quois de Brazillll, não? 



Escrito por Kari às 08h06
[ ] [ envie esta mensagem ]


e agora... as Barbies!

Que atire a primeira pedra a menina que não goste de Barbies. Ou a menina cresceu com brinquedinhos alternativos de madeira (ah, esses esquerdistas tão pândegos) ou era sapata mesmo e curtia um Autorama que eu seeeei. Bem, eu curtia um Autorama mas isso não me fez uma bi-curious porque eu simplesmente azucrinei a sanidade mental da minha mammy por causa das bonecas lindas e louras.

Tive uma penca de bonecas super bacanas e os acessórios mais legais da face da terra como o Motorhome e a maravilhosa casa com três andares e elevador (a casa veio no lugar do Autorama, minha mãe não quis arriscar).

Motorhome: o trailer da Barbie. Meio hippie demais, mas nós adorávamos!

Passaram-se os anos e continuei montando todas as tralhas das minhas Barbies até meus 15 anos ao lado da minha amiga Rebeca - que vai ficar fodida de saber que eu botei o nome dela aqui, mas tudo bem. Aliás, eu e a Rebeca tivemos a feliz idéia de "polir" a corvette da Barbie e toda a tinta cor de rosa metálica foi pro saco. Ficou apenas aquele tom de Brasília 1980 meio bege, né? Foda.

A casa da Barbie era tudo de bom, um sonho!

Rebeca virou metaleira. E eu também. Deixamos de lado essa obstinação infantil e passamos a adorar James Hatfield do Metallica e Janick Gers do Iron Maiden, respectivamente.

e as loiras voltaram

Depois de uns bons 8 anos, lá estava eu vivendo no Canadá: tinha acabado de levar um pé-na-bunda de um canadense com chulé, estava mal e sozinha em - 27 graus.

Num daqueles dias monótonos de inverno me empirulitei pro Wal Mart do Scarborough Centre, um bairro paquistanês mezzo italiano bem xexelento. Fui lá pra comprar absorvente e essas coisas chatas, até que caí na seção de brinquedos e... NÃO FODE, BARBIE DE COLECIONADOR POR 14 DÓLARES CANADENSES! KKKKK!!!

Já viu a louca aqui saindo do supermercado com caixas de Barbies, né?

A primeira boneca que comprei, lembro bem: Barbie Princesa da Inglaterra. Era a mais barata e de brinde vinha a Barbie Princesa do Camboja. Uhuhuhuhuhuhuhu!

Inglesa e do Cambodja: minhas primeiras Barbies de colecionador.

Sério: God Bless Wal Mart. Não eram as únicas bonecas que vinham no pacotão. Só ali já comprei várias bonecas pelo preço de uma só no saldão. Bêibe... Sou mulher e turca. Iria resistir? Nãããão... E rodei várias lojas de brinquedos em Toronto procurando por uma pechincha.

Voltei pro Brasil com a coleção gordinha, mas a minha Barbie favorita de todos os tempos ainda estava por vir: Yuming. Uma boneca chinesa de edição limitadíssima baseada na cantora chinesa Yuming. Ganhei de natal da minha mãe - que sabe que além de adorar uma Barbie, sou louca por qualquer motivo asiático.

O foco da minha coleção sempre foram bonecas de países e culturas. Não tenho atrizes de cinema ou casais famosos, só bonecas que representem algum canto do mundo. Mesmo. E sim, prefiro as asiáticas. :) Fiquei maravilhada quando finalmente lançaram a Barbie Diwalii:

E fiquei ainda mais louca quando descobri que a Mattel lançou séries especiais para a Índia, tal como a Expressions of India. Maravilhosa e carésima fora da Índia, é mole? Pronto, fiquei mais louca:

  

Soni Punjabi, Sundari Gujarati e Roopvathi Rajastani.

E na falta de uma Barbie Paquistanesa (de burka?), tive a idéia de customizar minhas próprias meninas: OOAK. Cuma? OOAK significa "One Of A Kind", ou seja, são bonecas bem customizadas. Pode-se mudar a maquiagem, o cabelo (através do reroot) e confeccionar roupas próprias. E aprender a fazer isso tem sido meu novo passatempo... E o resultado pode ser lindo:

Barbie completamente customizada!

Lógico que não é fácil e ainda estou no nível tosco. Mas já estou feliz e recolhendo retalhinhos para confeccionar minhas Barbies árabes, indianas, bengalis, paquistanesas... kkkkkkk!!!

O quê? Você não acreditava em Barbie árabe? kkkkk Prazer, esta é a Fulla!



Escrito por Kari às 18h28
[ ] [ envie esta mensagem ]


Intimidade do Zodíaco

Ok, já que tô fodida em casa mesmo, vou postar aqui um pouco da inutilidade do meu lar. Começando com a linda série de fotos que fizemos com os meus Cavaleiros do Zodíaco (não gosta? vá se foder) que ganhei no dia das quiança da minha mãe. Thanks Lucas e Henrique, that was plenty of fun.

Mu e Mestre Ares surtado. Tá tentando lê o biête nas frô, né? Curioso...

Então... Saga surta! o.o

E veste a armadura de gêmeos. Porque é legal a valer e dá um trabalho da piaba pra montar...

Mas logo o espírito de Kanon (dedo do Lucas) invade o ambiente e ameaça a paz do pardieiro, digo, do santuário...

Mas não era nada demais, só uma alminha penada. Time for chilling out, boys...

E assistir Lost. Não é que o Sayid é um gatão?

Êpa, porra!!! Cazzo is that?

Ok, na próxima eu fotografo as minhas Barbies... Uh...



Escrito por Kari às 18h23
[ ] [ envie esta mensagem ]


desperate housewife

Queria muito saber a arte de ser uma dona de casa prendada. Saca o talento de assistir programas de TV, ler revistas e aprender mil truques? Mas não, meu lado Martha Stewart inexiste tal como meu lado bailarina. O fato é que estou prostrada em casa por questões de saúde (ah, vida estressada) e já estou ficando louca.

Nos piores dias de stress, tudo o que eu conseguia imaginar seriam dias lindos em meu apartamentinho onde terminaria minha cortina do banheiro e faria jardinagem com um belo sorriso ao lado da minha linda mamãe e do meu maridinho zeloso. Mas minha mãe tá trabalhando e meu marido correndo pra lá e pra cá na puta-que-o-pariu. E eu enclausurada...

Cozinha é o maior no-no da minha casa, já que estou com problemas de estômago e uma dieta rigorosamente controlada apenas com liquidinhos, aguinhas, suquinhos e essas bostas que nutricionista a-do-ra receitar. Logo, adeeeeus lindo bolo de cenoura que estava doida pra fazer.

Nem passo mais pelo tal cômodo. Só de ver os temperos paquistaneses que o maridón trouxe eu já fico louca da calcinha pra comer um chicken tikka. Cozinha é coisa do demo, preciso me distrair com algo melhor.

ok, não consigo parar de pensar nisso. Sabe aquele bolinho fofo com cobertura de chocolate pra tomar com café-da-tarde? Fodeu. Pelo menos emagreço. Humpf...

Logo percebo que minha gaveta de meias e calcinhas está uma zona. Caráleo... Foi pra isso que tirei esses dias? Nem fodendo, já começo a sentir saudade da correria de aeroportos e trabalho pelo simples fato de cogitar em arrumar minha gaveta de calcinhas.

Aeroportos. Estava assistindo LOST e vi o casalzinho coreano tomando aquele café Starbucks na sala de embarque e aí... Hmmm, Mocha Starbucks... Com croissant. Hmmmmmmm... Ok, pensar com o estômago é nota zero, deselegante.

Horas, pra que me preocupar... São apenas 15 dias (!!!) fechada aqui. Pelo menos não estou no hospital, onde me deram uma dose de Buscopan doida que me fez sonhar com as mulheres do Desperate Housewives. E elas entravam no meu quarto pra me pedir dinheiro. Affffffffff...

Opa, agora 14 dias. Já tomei 2 das 6 injeções diárias que precisava, um bom começo. Não gosto de injeções ou agulhas... Isso me deixa fodida.

14 dias, apenas. Logo logo novembrão taí e eu tô ótima. E até lá sem cozinhar esse bolo de cenoura vai ser foda. Acho que vou na cozinha tomar mais caldinho de mandioquinha e Ades de morango pra ver se paro de pirar. Hmmm, carbs.

Logo, perdoem-me se pareço desesperada. E tirem uma lição: cuidem de seus estômagos e do stress. Porque esse castigo é terrível e nas primeiras 5 injeções com cortizona e antibiótico e digestivo e isso e aquilo... Dá vontade de sair correndo e se flagelar por ter sido tão ruim com seu querido órgão.

E porra, eu odeioooo esse Hurley do Lost. Porque diabos ele falou de bolinho pós-refeição quando estou sonhando com bolinhos da Parmalat? AAAAAAAAAAAAH...

OK, 14 dias to go...



Escrito por Kari às 11h53
[ ] [ envie esta mensagem ]


Se a Índia dança, eu danço.

Versão indiana de Thriller, do Jacko. Preciso dizer mais? Dá vontade de dançar com o moço dos gambitos cobertos por couro vermelho. E os figurantes mendigos (ou seriam zumbis?), a mocinha e o ritmo louco de "kolimat-at-at".

Deus abençoe a Índia!!! Ou não.

* Special thanks to Everyn-thing!

e calma... pode piorar...

E depois de Latininho...

Um Sharukh Khanzinho - Sharukh Khan, ou King Khan, é o rei do garbo de Bollywood. Veja aqui.

* love ya, Creiço!



Escrito por Kari às 23h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


Porque vai ser tão difícil sair de casa quando eu casar...

Minha mãe, hoje no trânsito:

- Puta que o pareeeeeeeeeeeeeeeo! - para uma gordinha parada em fila dupla que falava ao celular no maior cruzamento lá no Pacaembu.

- Foda, mãe.

- Tinha que ser gorda, porra. Daquelas com bracinhos roliços que ficam suadinhos e gelados. E quando te abraçam, te molham, que nojo!

- Hahaha!

- E ainda usam anéizinhos naqueles dedinhos gordinhos e curtos... Com aquelas pulseirinhas douradas.

- Douradas de folheado a ouro, que nem o Corsa semi-novo cor de beringela, né mãe?

- Que nojo!!! E aquelas unhinhas curtinhas pintadas de rosa bebê?

...

Entendem porque eu vou sentir muita falta da minha mãe quando casar? Vá se foder, minha mãe é a mais fodida e politicamente incorreta da face da terra. O fruto não cai longe da árvore, palmas pra turca-mãe.

Mãe, te amo. Sério. Do fundo do meu coração, você é fodona demais. Eu vou pro Turquestão mas toda vez que ver um "toba toba toba" vou lembrar de você. Prometo!


Pashto, cuma?

"Toba toba toba" - originalmente TAUBA TAUBA TAUBA (mas se pronuncia tóba). Usa-se quando você vê um tortinho na rua e sente vontade de rir. Os três tobas equivalem a um "Deus que me perdoe essa minha fiadaputice". Mas você deve dizer o primeiro toba tocando a orelha direita, o segundo tocando a esquerda e o terceiro toba novamente na direita. Pronto! Segundo o povo patane (ou pathan) isso basta pra te livrar do inferno quando tiver pensamentos impuros.

Uhuhuhuhuhuhu!!! Benditos pathans, livraram meu rabo!



Escrito por Kari às 16h49
[ ] [ envie esta mensagem ]


Monsieur Gainsbourg: Revisited

Foi minha comprinha favorita dos últimos dias: um albinho pretencioso pra caralho com músicas do nosso Monsieur Gainsbourg regravadas por bandinhas moderninhas ou "mamãe-quero-ser-um-emo". Mas olha que o resultado é legal. Pézinho na música eletrônica com participações de Jane Birkin e Marianne Faithfull. Bizarro o suficiente para me fazer feliz.

Pena que The Rakes assassinaram meu tune favorito:

Tudaaa.

também recomendo:

+ Teach Yourself Urdu - é... nada como um bom vale-presente da Cultura para investir no meu próximo idioma, o bom e véio Urdu. Questã de necessidade, minha senhora. Vai que eu encontro o Seu Musharraf por aí...

+ Visual Guide: Delhi, Agra, Jaipur - nada como viajar sem sair da cama, I must say. Pra isso esses guias são do caralho (obrigada pelo vale presente da Cultura, seu Silvio Santos, melhor que forninho elétrico).

+ Fatboy Slim: Greatest Hits (CD)- pro carro que não toca mp3. Básico, essencial, tudo.

+ Invasion (First Season) - Muitcho bom. Assim, clichêzão total, meio série que passaria na Warner (passa?). Mas diverte e dá medinho. Pra quem se caga de medo de ET... Como eu!!!

+ Luzes de um Verão (DVD)- Só 14,99 nas Lojas Americanas. Maravilhoso, asiático.

+ Mulheres Boazinhas Não Enriquecem (livro) - ganhei da minha mãe. Porque são as mães que sabem tudo!



Escrito por Kari às 22h38
[ ] [ envie esta mensagem ]


Mel na sua Boca - Copacabana Beat

Alguém lembra de uma música assim: "como é doce o beijo quando vem da tua boca... dá uma vontade de levar você comigo..."???????????????

Tipo, please... Quem tiver, I beg you all: mandem o mp3 pro khurrina@gmail.com pelamordedeusuuu??? Tô com essa música na cabeça há dias, virei o Kazaa e Ares... Não achei. :( Por favor...

Ok, eu sei que a música é ao pior estilo Latininho, mas pela minha sanidade mental eu preciso baixar, cantar 3 veiz e desencanar. Me ajudem!!!

Grazie. :) Boa semana :D



Escrito por Kari às 22h08
[ ] [ envie esta mensagem ]


dirty dancing

Arrasa na Trash, bee.

* nota: pre-ci-so regravar esse clipe...



Escrito por Kari às 19h26
[ ] [ envie esta mensagem ]


Casal Pitt-Jolie causando na Índia

Brad Pitt produzindo um filme sobre Daniel Pearl, haja bobagem! Daniel Pearl, me chicoteia, please!

Por Krittivas Mukherjee

MUMBAI (Reuters) - Um bulevar arborizado numa cidade indiana fez as vezes de um bairro paquistanês de alta classe na segunda-feira, quando a estrela de Hollywood Angelina Jolie começou a trabalhar num filme sobre um jornalista americano sequestrado e morto no Paquistão.

O filme "A Mighty Heart" é a história de Daniel Pearl, repórter do The Wall Street Journal que foi sequestrado em 2002 na cidade portuária paquistanesa de Karachi e assassinado quando fazia pesquisas para uma reportagem sobre as consequências dos ataques de 11 de setembro.

As filmagens estão previstas para durar um mês em Pune, cidade industrial do oeste da Índia, já que preocupações de segurança impediram que fossem feitas no próprio Paquistão.

Na segunda-feira o filme começou a ser rodado num sobrado branco no bairro de Sindh Society, em Pune, que, com suas alamedas, bangalôs e casas geminadas, guarda uma semelhança notável com o bairro de Karachi onde Pearl ficou hospedado.

Carros pintados de amarelo para parecer-se com os táxis de Karachi estavam estacionados diante da casa e foram usados nas filmagens.

A atriz americana premiada com o Oscar faz o papel da esposa do jornalista assassinado, Mariane. Seu companheiro, Brad Pitt, é o produtor do filme.

A chegada do casal de celebridades a Pune levou essa cidade indiana tranquila a mergulhar num frenesi. Centenas de fãs ficaram aglomerados diante do hotel e do local da filmagem, na esperança de ter um vislumbre de Jolie e Pitt.

No fim de semana o casal passeou pela cidade com seu filho adotivo Maddox num táxi de três rodas, atraindo grandes multidões e causando dificuldades a seus seguranças.

Cidade industrial de mais de 4 milhões de habitantes, Pune fica a 130 quilômetros a sudeste de Mumbai, o centro financeiro e de entretenimento da Índia.

"A Mighty Heart" é baseado no livro escrito por Mariane Pearl, "Coração Valoroso".

Dan Futterman representa o jornalista assassinado, e o cineasta britânico Michael Winterbottom, famoso por filmes ligados à guerra como "Bem-vindo a Sarajevo" e "O Caminho para Guantánamo", é o diretor.

Em comunicado à imprensa, Angelina Jolie disse que "A Mighty Heart" é "sobre a compreensão intercultural e os valores compartilhados por pessoas de todas as religiões".

"Este não é um filme sobre terrorismo ou conflito. É uma história de pessoas de todas as religiões que trabalham juntas para encontrar a verdade."

Não foi marcada data para o lançamento do filme.



Escrito por Kari às 15h10
[ ] [ envie esta mensagem ]


fotos da Gol

Estou chocada, chateada, puta da vida com essa história das fotos da Gol. E fodidamente brava com quem as repassa - pois isso sim é ser conivente com uma puta falta de respeito e amor ao próximo. Recebi uns 15 e-mails de amigos e leitores que considerava que tivessem cérebro - a única pessoa que tinha se arrependeu. O pior é gente escrevendo coisas tipo "huahuahua e aí quer voar de Gol?".

Tipo, vai se foder, né?

Aliás, ontem quase estive em um acidente aéreo ente Quito e Lima. Percebi que a coisa estava feia pois o avião mergulhava e, de repente, puxava pra subir. Então mergulhava novamente e o piloto tornava a colocar as turbinas no máximo. E as comissárias de bordo, nervosíssimas. Pensei "ok, procedimento normal, deve ter ocorrido alguma falha", até que fui no banheiro e vi uma comissária fazendo sinal da cruz e roendo não a unha, mas a junta dos dedos. "Fodeu", concluí.

Só consegui pensar nas fotos da Gol, xingar cada um que as mandou e comecei a imaginar fotos do meu corpo todo dilacerado e com tripas pra fora para deleites de gente imbecil que ri da desgraça.

Uma infeliz coincidência, eu sei (pois quem voa com freqüencia tem uma coleção de historinhas de terror, é inevitável). Mas minha mensagem para cada um que corroborou com essa corrente macabra é uma só (menos pra minha amiga que se arrependeu, ela tem algo chamado cérebro na caixa craniana): vá tomar no cu grandão!



Escrito por Kari às 10h40
[ ] [ envie esta mensagem ]


ô coador...

Estava passando um cafezinho na agência e perguntei pelo coador. Quando estava com ele não mão, recebi a feliz notícia: tô indo pro Equador esse final de semana. :D Como diz o Elton: "antes coador, agora Equador". Sacou, sacou?

Bem, hasta la vista babies... Djo me voy hablar portuñol! Ayayayayayyyyyyy!!!

EQUADOR IS LOADS OF FUN, HUNNY BEE!



Escrito por Kari às 18h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


mamãe

Último domingo. Na Record, uma reportagem sobre a Índia e um indiano nojento com longos bigodes assoprava 2 flautinhas pelo nariz. Minha mãe:

- AAAAAAAAAAAAAAAAH QUE NOJO, QUE GENTE HORROROSA! ANA KARINA, QUE HORROR, MENINA!!!

- Calma mãe, isso é Índia, não é cotidiano. E NÃÃÃO, O PAQUISTÃO NÃO É ASSIM!!!

Então ela me olhou e riu:

- Tem certeza, Ana Karina? Porque se for assim eu vou rir muito da sua cara!!!

Ela continua a assistir o homem da flautinha assoprada pelo nariz e grita:

- AAAAAAAAAAAH QUE NOJO, QUE HORROR, QUE GENTE HORROROSA!

Entendem porque eu saí assim? :)



Escrito por Kari às 23h59
[ ] [ envie esta mensagem ]


Medo

Foto destaque no Yahoo, hoje:

Terça-Feira, 3 de Outubro, 11h34
John Mather, ganhador do Prêmio Nobel de Física, fala com jornalistas em Hyattsville, Maryland, no dia 3 de outubro. Foto: Larry Downing

Envie para um amigo Envie para um amigo    Artigo relacionado

Hahahahahahahaha... COMO ASSIM ENVIE PARA UM AMIGO? Só se quiser matar de susto com o nerdim.



Escrito por Kari às 14h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


Maria rulez!

Ganha um doce de chuchu quem adivinhar o que a minha empregada Maria escreveu abaixo. Minha mãe me chamou na cozinha para que eu a ajudasse a traduzir... Kkkkkkk!

Dica: palavra em inglês. A Maria anotou para poder se comunicar com o genro da minha mãe. É comestível...

.

.

.

Vai pensando...

.

.

.

.

.

Sem idéias????

.

.

.

.

É um tempero...

.

.

.

.

Vou dizer, então!

.

.

.

Preparado?

.

.

.

Então: BLACK PEPPER!

Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk SENSACIONAL!



Escrito por Kari às 20h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


eleições 2006

Fui votar hoje na hora do almoço. Tava lotada aquela porcaria de seção eleitoral, cheio de gente perdida ocupando espaço que não deveriam. Por sorte, a minha seção estava tranqüila. Mas na da minha mãe, afff...

Todas as velinhas de Higienópolis estavam na frente dela, coitada. Tá certo, idosos. Mas não é porque é idoso que tem que ser débil mental e deixar para tirar o título de eleitor da bolsa na hora que o mesário chama. Ou procurar candidatos.

Quase 30 minutos de fila e minha mãe lá, empatada. Eu já estava perdendo as paciênciaissss até que a terceira idade desentupiu a fila e minha mãe votou. Que cazzo, viu?

É, eu sei o que você deve estar pensando: "nossa, você é um monstro, turca". Mas relaxa que eu pago pelos meus pecados, logo, vá virando essa sua boquinha de santinho do pau oco pra casa do caralho. :) Até porque, quando ficar velhinha, vou falar ainda mais palavrão e dar guarda-chuvadas em gentinha esnobe como eu.

Suplícyo

Hahahaha, falando em gente mocoronga, olha só o que o Terra deu:

Domingo, 1 de outubro de 2006, 10h13  Atualizada às 13h17
Suplicy esquece números de seus candidatos antes de votar

Depois de entrar na sala de votação e derrubar seus documentos no chão, o senador Eduardo Suplicy (PT-SP) percebeu que não sabia o número dos candidatos em quem iria votar e teve que ir consultar a lista de concorrentes exposta no corredor da escola onde estava.

Ele demorou cerca de quatro minutos para achar os números dos candidatos a deputado federal e estadual.

"Está complicado. A lista de candidatos é grande, não é?", disse ele aos jornalistas que o acompanhavam.

Enquanto procurava os números nas tabelas de candidatos expostas na sessão eleitoral, Suplicy repetia em voz alta o número 13, legenda do Partido dos Trabalhadores, enquanto um eleitor que também checava a lista buscava o número de um candidato do PSOL.

Suplicy declarou seu voto para governador de São Paulo (Aloizio Mercadante), para presidente (Luiz Inácio Lula da Silva) e para senador (ele mesmo). Mas preferiu não declarar suas escolhas para deputado federal e estadual.

Depois de votar, Suplicy teve certeza que encontrou os números corretos de seus candidatos: "Está certo. Saiu meu nome."

Suplicy foi bem recebido pelos eleitores, sendo que alguns o cumprimentaram, inclusive a comerciante Tereza Andrade Leite, de 51 anos, que esperou o senador na porta da escola por quase uma hora, apenas para abraçá-lo. Já alguns eleitores do partido de Geraldo Alckmin (PSDB) ficaram de lado quando o senador saía da escola. 
 

Reuters

É... E eu votei nele. Meu único voto pro PT. O Eduardinho-pai é tchongão mas acredito em sua intregridade, gosto muito dele. Pena que é do PT, que casou com a vaca e fez o Supla. Mas é perdoável.

No mais, quarenta-e-cinquei pra governador porque não suporto o Mercadante. Também fiz 45 pro titio Alckmin, imagine se o Lula se reelege! Vou ficar pobre e vai ter sem-terra invadindo meu apê, kkkkk. Pra deputados, votei na turcaiada mesmo, família é família, brimo é brimo.

Perguntou o paquistanês se votei no titio Maluf. Mwahuahuahuahua! Fala sério, eu amo meu peshawari. Santa inocência.

Bom final de domingo eleitoral a todos!



Escrito por Kari às 17h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]

 

ah!libanezza!




BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Italian, Viagens, Livros, Fotografia


    

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from karinabu. Make your own badge here.

[ moody me ]


[ adoro ]
 23a. Idade
 3 Amiguinhos
 40 Graus Celsius
 Airline Meals
 Al Jazeera
 Ah, tá bom então!
 Bat Biscate
 Brasilsky Komsomolets
 Cabeça Errada
 Caboclo Sem Dente
 Carioca Virtual
 Ciência em Dia
 El Cronopio
 Historinha
 Daniel Becher
 Dusko Du Swami
 Dawn
 Indi(a)gestão
 Introspecthive
 É tudo puta!
 Fazendo a Mendiga
 Irea
 Estrupixels
 Jet Site
 Just Juste
 Fabriquinha de Clássicas
 Karinissima
 Flies in the Marketplace
 Lux-Religare
 Lonely Planet
 Lady Metal
 Gongados
 Madame Gongadera
 Made in Brazil
 Meu Ouvido Não é Penico!
 No Armário da Cá
 Pensar Enlouquece
 Perez Hilton
 Pururuque-se
 Que Pressão é Essa?
 Querido Leitor
 Sajid and Zeeshan
 Santos no Inferno
 Sedotec
 Seung Ju
 Sarajane
 Shoe Me!
 Sorry Periferia
 Stonned Bunny
 Strange Maps
 Technicolor Kitchen
 Te dou um dado?
 Tony Góes
 Modellón
 Tudo Pode Virar Crônica
 Uma Questão de... (Angola)
 Uniform Freak
 Viaje na Viagem
 Yalla!
 Oh Pakistan!
 Yuppie Guy



[ adote, doe ]
3 Amiguinhos
Anjos para Adocao
Jardim dos Amiguinhos
Jardim dos Amiguinhos - flog
Kantinho dos Peludos Novidades Bichos
Quero um bicho!
Vamos Ajudar!
Vittorio!







My 43 Places

[ brazzies overseas ]

23a. Idade
Astarojna
Balzakiana
Farofa na Neve
Meu Cantinho
No Armario da C?
O Imigrante ? um Forte
Pensamentos e Poesias
Shanghai Pudong - GRU

 


[ fun ]

Alan Sieber
Caco Galhardo
Camilla Eriksson
Kibe Loco
Maitena
N?quel Nausea
Radicci
Sarajane Fotonovelas
Sherman's Lagoon
The Far Side


[ fratelli d'Italia ]

Blob of the Blogs
Diario di Periferia
Grazie, Silvio
Il Tao del Blog
Momoblog
Se me lo Dicevi Prima
Silvio Berlusconi
Uiall?ll?
Voglia di Terra
Zoomata


[ links ]

Aria Database
Bayerische Staatsoper
Dawn
Fodor's
Footprint
Frommer's
Geoeconomy
Lonely Planet
Panrotas
Plastic.com
Reporters Without Borders
Robert Fisk
Rough Guides
World Newspapers
World Press Review
The Opera Critic
Trek Lens
Tripmates
World is Round



 



[ once upon a time ]

- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004
- 01/12/2003 a 31/12/2003
- 01/11/2003 a 30/11/2003
- 01/10/2003 a 31/10/2003
- 01/09/2003 a 30/09/2003
- 01/08/2003 a 31/08/2003
- 01/07/2003 a 31/07/2003
- 01/06/2003 a 30/06/2003
- 01/05/2003 a 31/05/2003