lições de etiqueta e marketing de vendas com um experiente vendedor do Mercado Livre

Ou: O que Catherine Deveuve jamais responderia para uma qualificação negativa.

Para quem não conhece o Mercado Livre: a cada venda efetuada (ou não), o comprador deve qualificar o serviço do vendedor. Nos casos abaixo, o vendedor foi qualificado negativamente. As réplicas são magníficas, tudo aquilo que você deveria saber para responder ao seu cliente.

Lembrem-se que colei do próprio Mercado Livre, logo, não me responsabilizo pelos danos morais causados pelos erros de português! Enjoy!

Idoneidade.

 

Comentário: "Péssimo e Mentiroso... Comprador anuncia como novos e são usados, vejam na XXXXXX e façam buscas para ver as descrições de "usado em bom estado". "

Réplica: Se os termos NOVO, SEM USO, LACRADO, querem dizer usado, a coisa ta feia. Isso demonstra que o usuario em questão agiu de má fé, e falta de honestidade. O que sera que ele queria? Se negociarem com ele coloquem a policia no meio, pois coisa boa não é

 

Perspicácia.

 

Comentário: "Disse que o carrinho estava completo, no entanto veio faltando para-brisa, santo-antonio, o aerofólio não é do carro, pinhão, escovas e molas do motor."

Réplica: Bichão, acho que vc não é tão criança pra preferir ficar no prejuizo, né? Seja mais esperto na vida, ta!!!

 

Sinceridade.

 

Comentário: "O produto veio com o passarinho (Woodstock) quebrado. Era presente de Natal e passei vergonha. Não embalaram direito mesmo eu pedindo. Vendedor não é sério."

Réplica: Não havia nada quebrado no brinquedo, porem acho que uma pessoa que da um presente USADO tem que passar vergonha mesmo. SEU PÃO DURO.

 

Economicamente desfavorecidos podem ser prejudiciais ao mercado.

 

Comentário: "O VENDENDOR ME COBROU BEM NO DIA DA FINALIZAÇÃO, ME DESAGRADANDO COM ESTA ATITUDE, POR ISSO NÃO CONCRETIZEI A COMPRA. "

Réplica: FOI COBRADO POR VARIAS VEZES, ESTA PESSOA GROSSEIRA NEM RESPONDEU E DEPOIS ALEGOU QUE NÃO TINHA DINHEIRO PRA COMPRAR, TENHO PENA DELA, COITADINHA. ME ADIMIRA CONTINUAR NESTA COMUNIDADE. PESSOAS POBRES PRINCIPALMENTE DE ESPIRITO DEVIAM SER BANIDAS .

 

Mimada.

 

Comentário: "NÃO MANTEVE SUA PALAVRA FUI A PRIMEIRA A DAR O LANCE E ESCOLHER OS PRODUTOS,NO SEGUNDO DIA JÁ TINHA VENDIDO 2 KITS QUE ESCOLHI ,NEM ESPEROU EU DEPOSITAR, ODIEI "

Réplica: Se ela tivesse obedecido as regras do leilão estipuladas no anuncio poderia ter comprado, uma pena pois perdeu uma grande chance devido a sua arrogancia e falta de educação. Pessoas mimadas costumam ODIAR !!!!



Escrito por Kari às 20h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


 Gap de Comunicação.

 

Comentário: "vendedor nao entrou em contato"

Réplica: @#$%¨#$*, MANDEI VARIOS E-MALS. VE SE CRESCE E APARECE RETARDADO.GENTE RETARDADA, TEM QUE SER ELIMINADA !!!

 

Colaboração do público consumidor.

 

Comentário: "Sinto-me enganado. Mandei pegar a merc. e me entregaram uma dif. da descrição deles. Muito menor!!! Tento falar com o Fábio, mas ele desliga o tel. AJUDEM-ME!"

Réplica: Nossa coitadinho, meu DEUS, AJUDEM ele por favor.

 

Psicanálise.

 

Comentário: "VENDEDOR IRÔNICO, CHATO E SEM TATO PARA LIDAR COM PESSOAS."

Réplica: Comprador se mostra infantil e problematica. Não tem educação e só quer brincar , falta do que fazer. Pena que existam pessoas assim , tão pequenas, no mundo.

 

Gap de comunicação 2.

 

Comentário: "O mercadolivre que me forneceu o emails dele. Apesar de enviar vários emails, até o momento não me respondeu. "

Réplica: vOCE É MUITO BURRO.

 

Pedagógico.

 

Comentário: "Querido Fernandes vc precisa de umas aulinhas de marketing em como conquistar novos clientes recomendo um livro chamado "Nos Bastidores da Disney" reflita..."

Réplica: Meu amigo, aprenda com a violencia de SP. Nunca te conheci e nem quero.

 

SAC x Matéria Fecal

 

Comentário: "Não gostei da forma de atendimento. As informações que pedi poucas foram atendidas. Acho que precisam melhorar a forma como tratam o cliente."

 

Réplica: Voce é meio retardado, Desonesto, e ridiculo. Seu merda !!!!



Escrito por Kari às 20h22
[ ] [ envie esta mensagem ]


 Nelson Ned.

Comentário: "Extrapolou o tempo para entregar, e quando perguntei sobre o porquê, foi super grosso comigo. Não vale apena escutar certas coisas..."

Réplica: Comprador demonstra infantilidade, é uma pena, porque uma pessoa assim não cresce !!!

 

Malthusiano.

 

Comentário: “Liguei3 vezes pedi tel fixo. Recebi email grosseiro não tive o tel até agora. NÃO EXPRESSA CONFIANÇA, NÃO RECOMENDO. Nesta semana comprei 3 produtos de outros.”

Réplica: E nem vai ter, pessoas como voce nem merecem estar comprando conosco. Infelizmente quem não tem dinheiro não tem vez.

 

Prejuízo.

 

Comentário: "Fui o vencedor do leilão, e ele não tinha mais a peça. Será negativado pois atrapalhou a minha compra de outra peça parecida. "

Réplica: Retardado, falei que conseguia uma igual , mas ele não aceitou, Desonesto, sem vergonha.

 



Escrito por Kari às 20h21
[ ] [ envie esta mensagem ]


Meu dia de pobreza

Deixamos para fazer a reserva em nosso restaurante favorito na última hora. E, como era de se esperar para um dia de jodo do Brasil, o restaurante estava lotado para mais um panis et "futebolis". Sem opções, decidimos assistir o jogo contra Gana em um restaurante por quilo perto da agência. Uh lalá.

Sim, eu coleciono figurinhas da Copa do Mundo. O que não me faz deixar de pensar que parar a economia nacional por causa de um jogo é uma baita macaquice - sim, de novo, somos os animaizinhos adestrados com roupinhas coloridas que dançam para fazer espetáculo e implorar por atenção dos povos mais ricos, civilizados, bonitos, anglo-saxões, garbosos, francos, limpos, moniteístas, abastados, charmosos, estrangeiros, atraentes, alemães...

Enfim: lá estava esta turca fresca escolhendo algo não tão grosseiro entre bifes "zoiudos", maionese (uó) e torta de frango com catupiry (morri) quando um popular começou a apitar freneticamente para anunciar o início da partida.

Papai do céu, eu sei, iria pagar meus pecados.

Restaurante por quilo + populares + jogo do Brasil + cornetas = Libanesa em péssimo humor.

Mas piorou. Nada como uma boa batucada na mesa, uma ensaiada no pagodinho e lá estava eu rezando para St. Laurent (sim, o Yves). É, sei que fui boca aberta por deixar de reservar a mesa, mas, poxa, que preço que paguei pela minha cagada. Gritos de guerra, o populacho já meio alto graças às grandes doses de álcool barato, a mulherada já facinha e os homens beliscando glúteos aqui e acolá. Não acredito, ainda, que estava em um restaurante self-service médio em Higienópolis. Ou estava num rasta-pé em Petrolina?

Ainda não me recuperei: sorvi cerveja. QUE NOJO! Ainda bem que sai no xixi.


E para aproveitar a deixa da Copa do Mundo, segue a lista das minhas figurinhas repetidas e as que ainda não tenho. Troco por correio. Negocio por e-mail, Orkut:



Escrito por Kari às 22h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


minhas repetidas


Estádios:
06 – HANNOVER
08 – GELSENKIRCHEN
16 – MÜNCHEN


Escudos:
37 – Costa Rica
75 – Equador
94 – Inglaterra
151 – Suécia
189 – Costa do Marfim

Grupo A

Alemanha:
17 - 19 - 20 - 21 - 22 - 23 - 24 - 26 - 27 - 28 - 29 -
30 - 33 - 34 - 35


Costa Rica:
37 - 44 - 46


Polônia
65 - 67


Equador
75 - 87


Grupo B


Inglaterra:
94 - 103 - 106 - 108


Paraguai:
117 - 127 - 129


Trinidad e Tobago:
148


Suécia:
151 - 156 - 158 - 162 - 163 - 166 - 168


Grupo C


Argentina:
172 - 174 - 178 - 184


Costa do Marfim:
188 - 189 - 193 - 204 - 206


Sérvia e Montenegro:
213 - 215 - 216


Holanda:
226 - 228 - 230 - 233 - 234 - 236 - 240 - 242


Grupo D


México:
249 - 252 - 257 - 261


Irã:
263 - 268 - 269 - 281


Portugal:
285 - 289 - 290


Angola:
304 - 306


Grupo E


Gana:
313 - 316 - 319 - 320


Itália:
321 - 323 - 325 - 327 - 329 - 331 - 335 - 338


Estados Unidos:
343 - 344 - 346 - 348 - 350 - 352 - 354 - 355 -
356


República Tcheca:
359 - 362 - 370 - 372 - 374


Grupo F


Brasil:
378 - 383 - 385 - 387 - 388


Croácia:
399 - 400 - 401 - 404 - 407 - 408 - 411


Austrália:
419 - 420 - 421 - 422 - 424 - 425 - 429


Japão:
443 - 446 - 447 - 451


Grupo G


França:
462 - 463 - 467 - 468 - 472


Suíça:
483 - 484 - 486


Coréia:
492 - 504 - 505


Togo:
513 - 514 - 517 - 518 - 519 - 520 - 521 - 522 - 523 - 524 -
525 - 526 - 527 - 528 - 529


Grupo H


Espanha:
530 - 532 - 533 - 534 - 535 - 536 - 537 - 538 - 542 - 543
- 545 - 547


Ucrânia:
549 - 552 - 554 - 555 - 556 - 563 - 564 - 566


Tunísia:
571 - 573 - 575 - 576 - 577 - 581 - 584 - 585


Arábia Saudita:
588 - 592 - 594 - 596



Escrito por Kari às 22h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


As que quero:

Estádios: 11 (Köln), 14 (Nürnberg), 15 (Stuttgart).
Escudos:
Polônia (56), Trinidad e Tobago (132), Portugal (283), Gana (311), Itália (322), Estados Unidos (341), República Tcheca (360), França (455), Suíça (474), Coréia (493), Togo (512), Espanha (531), Ucrânia (550), Tunísia (569).

Grupo A

Costa Rica:
38 - 41 - 43 - 47 - 51 - 52

Polônia
55 - 56 - 59 - 62 - 63 - 71 - 72 - 73

Equador
78 - 80 - 84 -92

Grupo B

Inglaterra:
97 - 99 - 105

Paraguai:
114 - 115 - 116 - 118 - 120 - 126

Trinidad e Tobago:
132 - 135 - 136 - 137 - 139 - 141

Suécia:
160 - 161 - 164

Grupo C

Argentina:
171 - 182 - 183 - 186

Costa do Marfim:
192 - 201

Sérvia e Montenegro:
210 - 239 - 243

Holanda:
231 - 239 - 243

Grupo D

México
244 - 251 - 256 - 258

Irã:
266 - 267 - 270 - 271

Portugal:
283 - 291 - 298

Angola:
305

Grupo E

Gana:
311 - 312

Itália:
322 - 324 - 328 - 332 - 336

Estados Unidos:
341 - 345 - 349 - 353 - 357

República Tcheca:
360 - 361 - 369 - 371 - 376 - 377

Grupo F

Brasil:
386 - 391 - 395

Croácia:
405

Austrália:
416 - 427

Japão:
440 - 444 - 448 - 452

Grupo G

França:
455 - 458 - 465 - 469

Suíça:
473 - 474 - 480 - 489

Coréia:
493 - 494 - 497 - 501 - 510

Togo:
512

Grupo H

Espanha:
531 - 544 - 548

Ucrânia:
550 - 553 - 557 - 559 - 567

Tunísia:
569 - 570 - 574 - 578 - 580 - 586

Arábia Saudita:
589 - 591 - 595

Quem quiser trocar... Deixa um scrap ou envia um e-mail para: khurrina@gmail.com



Escrito por Kari às 22h46
[ ] [ envie esta mensagem ]


G G G G G G G G G G G G G

Sacou quem é o jogador a França?

É só contar.

Hmmm. Entendeu?

TREZEGUET!

sacou, sacou?

Porque piadas ruins são imortais!



Escrito por Kari às 13h35
[ ] [ envie esta mensagem ]


da UOL:

Colônia faz festa para torcidas da Ucrânia e da Suíça

Com o patrocínio dos Palitos Gina.

Auf Wiedersehen!



Escrito por Kari às 15h42
[ ] [ envie esta mensagem ]


"Karina, como é o Paquistão?"

Ultimamente, meu Orkut tem sido bombardeado de gurias que tem um namorado virtual paquistanês. Nada contra, adoro compartilhar o que sei. Mas, puta que me pariu, vai fazer pergunta mais subjetiva assim na casa do caralho. Esperam que eu escreva uma monografia de graça. Sorry, periferia. Minha passagem custou um rim e dois cachimbos, logo, ou vocês lêem o que eu já escrevi, ou me pagam pra escrever mais. Ou façam perguntas objetivas, meu curso de jornalismo na Cásper Líbero também me custou alguns milhares de dinheiros.

Mas como sou uma pessoa doce que encontrou o resumo da elegância do subcontinente indiano no blog do Caboclo sem Dentes, compartilho com vocês o que é o Paquistão. Muito luxo, bom gosto, coreografias, mulás, barbas e gente rica assim:

Shah Rukh Khan e Kareena Kapoor é a minha toba, este magnum opus do cinema das terras do cricket são bem mais verossímeis...

Agora, fofas, costurem suas sharwal kamiz, pratiquem o urdu e saiam bailando bailando.



Escrito por Kari às 09h26
[ ] [ envie esta mensagem ]


Qual foi a coisa mais imbecil que você [quase] comprou no Mercado Livre?

Resposta da Libanesa: um chupa-creca.

Num de meus acessos "faça você mesmo", comprei um vaporizador para fazer limpeza de pele em casa. E, para trocar as técnicas nada bonitas para remover aqueles cravinhos feios-bobos-com-cara-de-mamão, vi um produto revolucionário no Mercado Livre: o Pore Cleanzer.

O produto é um aparelho com um certo poder de sucção que, quando acionado, suga o cravo de dentro do poro. Ah, que maravilha! Mudaria minha vida, nada como acabar com as crecas do rosto de forma indolor e sem esteticistas sádicas que a-do-ram espremer essas coisinhas nojentas.

Maaaaaaaaas...

Antes de clicar "comprar", um detalhe: PRODUTO SEMINOVO. Ahn? Como assim, minha senhora? Quem, nesse mundo seria porco o suficiente para revender um produto que já chupou crecas alheias? Inheca! Ca nojo!

Fiquei muito triste. Meu vaporizador está encostado na caixa. Gastei os 90 dinheiros em uma boa limpeza de pele na Anna Pegova. O sonho acabou. Simples assim.

Ok... e qual foi a coisa mais imbecil que eu COMPREI?

Além das Barbies e coisas relacionadas aos Cavaleiros do Zodíaco? Definitivamente: um tradutor eletrônico inglês-português-inglês. Tudo porque fiquei toda ouriçada com o super tradutor dos japoneses lá em Toronto e queria um. Mas na primeira palavra (convoy), me decepcionei: péééim, a palavra não está no database do mini-tradutor! As palavras na memória eram simples como BOOK, APPLE, HOME. Aaaargh! Que bela bosta.

Continuo com meu Cambridge na minha mesa. Mas se me oferecerem um tradutor eletrônico inglês-urdu-inglês, fazemos negocínias!



Escrito por Kari às 20h53
[ ] [ envie esta mensagem ]


eu me rendo

Alguém quer trocar?

Celena News Informa: as figurinhas auto-colantes são modernas e esbanjam tecnologia. É possível colar e descolar sem rasgá-las. O que é joínha para pessoas sem coordenação motora e leve autismo manual - assim como Karina e Celena.

Eu quero:

Vikash Dhorasoo

Ok. Confesso que me sinto um pouco como as irmãs da Marge Simpson babando em homens famosos. Mas foda-se. "Ai McGuyver, Ai Vikash Dhorasoo" - não sem nem pronunciar isso. Hehehe, ser loser é muito legal, às vezes.



Escrito por Kari às 09h43
[ ] [ envie esta mensagem ]


maaais um jogo...

Brasil x Australia. Ninguém merece os discursos cheios de pompa do Galvão Bueno falando dos brasileiros heróicos que moram há tanto tempo longe do Brasil, que saíram do país para dar duro e ganhar dinheiro... Mas não sei, realmente, se ele se referia aos que vão porque não tem emprego ou às empregadinhas que se casam com um sapateiro alemão achando que deram o golpe do baú perfeito. Ah, o "amor".

Em Shanghai, os alemóns pobres que por lá chegavam para tentar uma vida de expat rico eram a sensação com as chinesinhas que, paupérrimas e com a periquita batendo palma, achavam que davam o golpe genial por se casarem com um gei lo (branco fantasma), europeu e "cheio da plata". Si, si. Porque zu Haus (em casa), são meros proletários average Joe. Digo, average Johan.

Mas voltando pro Brasil... Ah, o Brasil! Dá vergonha ver esse grupo de gente feia fantasiada de índio verde-amarelo. Ou as empregadinhas recauchutadas mostrando os peitos nos tablóides europeus - melhorando ainda mais a nossa fama de moças de família. Recauchutadas, lógico, porque o dinheiro do Herr vale mais que real.

E, obrigada, Deus, pela cara de turca que o senhor me deu. Porque se estivesse na Alemanha (ah, Jesus, me chicoteia, me manda pra Kabul, mas não pra lá), passaria despercebida mais uma vez como grega, russa, turca ou italiana.

E não, eu não odeio o Brasil - embora tenha aberto a mão da minha nacionalidade há algumas eras glaciais. Só acho esse espetáculo a coisa mais vexaminosa de terceiro mundo. Como se fôssemos macaquinhos vestidos de roupinhas coloridas porque todo esse show é o que temos de melhor para oferecer.

Também não odeio copa do mundo - desde que esteja longe de qualquer aglomeração de meio ou mais brasileiros patriotas. E não desejaria estar na Alemanha (bem, não desejo nem fora de época de copa), talvez apenas em Frankfurt para fazer uma conexão para Bangkok.

Mas se dermos um pau nessa Austrália, fico feliz pra caráleo. Porque os australianos... Bem, deixo pra outro post porque eu ainda amo minha segunda mammy, que é australiana.



Escrito por Kari às 12h10
[ ] [ envie esta mensagem ]


Aaaah, Copa do Mundo!

Sim, detesto Copa do Mundo. Odeio aglomerações de brasileiros, cornetinhas da copa, pobre se achando na Europa e assistindo o jogo no telão porque a grana acabou antes de comprar o ingresso. Também odeeeeeio a babação de ovo para a Alemanha, um dos países com 1/3 da população mais enfadonha do mundo - e digo isso porque sou filha de alemón, logo sei como são feito os salsichóns, logo, não venha me encher o saco porque você tem ascendência alemã. Fala sério, qual é a colônia com a sotaque mais engraaçada do Brrazilien? Comedores de knöedel em kerb... Haja gás. Sim, aquele. Derivado do repolho + Einsbein + cerveja morna.

MASSSS...

Há sempre uma motivação extra para nós, femmes, assistirmos os jogos da copa: os moços. Minha esperança foi-se pelo ralo quando a Turquia e a Noruega não se classificaram. Mas, hoje, ao assistir ao jogo da Itália x Estados Unidos, quase desonrei a citadinanza e torci, lá no fundo, para que o McBride marcasse um golzinho...

E, amanhã, Allez les Bleus! Zinedine Zidane, maravilhoso... Mas nunca houve (e nunca haverá) italiano melhor do que o saudoso Paolo Maldini. Hmmm. Comecei a gostar da Copa do Mundo. E acho que vou comprar o álbum de figurinhas...



Escrito por Kari às 23h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


Turcos.

Acho gozado como a História cria bodes expiatórios. Judeus, quando não são 6 milhões de vítimas sofridas do Holocausto, são pintados como corruptos e maquiavélicos poderosos que ganhavam dinheirinho "sugando" o poderio de civilizações em toda a extensão da Europa e Ásia Central. E os turcos, quando não estão enxotando curdos e atirando em cipriotas, gostam de matar armenos e fazer kebab.

Todo ocidental metido a sabidinho de história turca condena o genocídio de não sei quantos milhões de armenos em território turco pelas mãos do presidente Mustafa Kemal Atatük. Nada contra armenos (mesmo que eles tenham se vendido às nações imperialistas e dando uma bela facada nas costas do povo turco que convivia de forma pacífica com eles no mesmíssimo território), mas pintar Atatürk como um ditador sanguinário é um pouco demais.

A matança foi uma arbitrariedade de um general exaltado (como em qualquer exército ou polícia em qualquer canto do mundo) e o derramamento de sangue foi um ato desumano e deplorável. Tanto que o próprio Atatürk condenou a ação.

Mas a História armena seria muito chata se seus inocentes tivessem sido mortos por uma arbitrariedade. Nada melhor do que culpar um revolucionário presidente que dissolveu o sultanato na Turquia e é adorado, até hoje, por ter separado o Estado da religião (sim, a Turquia é laica). E não haveria melhor oportunidade para uma propaganda anti-turca cheia de fotos de cadáveres de mulheres e criancinhas armenas vítimas de uma matança desumana que, ao longo dos anos, ganhou maiores proporções.

O mais interessante é o conceito de ditador mau, bobo e repressor que algumas minorias fizeram de Atatürk, o homem que genialmente aboliu a escrita do idioma turco em caracteres árabes para adotar a escrita ocidental - um ato louvável para desagregar a cultura otomana do terrível processo de "arabização" pelo qual sofrem os países de maioria muçulmana. O que é compreensível, já que os radicais islâmicos odeiam e odeiam e odeiam o pai dos turcos (Atatürk significa "pai dos turcos", aliás).

A Turquia é um país erroneamente classificado como pais árabe por alguns leigos - um equívoco compreensível dadas as condições em que a cultura otomada foi amalgamada pela cultura árabe-islâmica. Também é um país moderno e receptivo que tenta entrar na União Européia com todas as suas forças. Possui uma economia estável e crescente se comparada aos demais países do oriente próximo.

Tudo isso corrobora apenas para que sua imagem "boba-e-feia-e-com-cara-de-mamão" corra pelos continentes, pois, se todas Israéis matam seus palestinos, todas as Turquias acabarão com suas minorias, também. E se um louco terrorista do Hezbollah ou do Partido Comunista Curdo (o PCC de lá, liderado pelo terrorista popstar Abdullah Occalan) são admirados por alguns radicais de esquerda...

Hmmm...

Então não mais me impressiona a fúria de Salman Rushdie quando escreveu seus versos satânicos.

* Obrigada, Deniz. Te devo em café. Em abril próximo, no mesmíssimo café ali no Bósforo.



Escrito por Kari às 18h01
[ ] [ envie esta mensagem ]


JUCA - Jogos Universitários de Comunicações e Artes

Caros Mackenzistas infectos que sujam meu bairro: antes de macular Higienópolis com sua presença ignóbil e suas toscas cornetinhas da Copa do Mundo, estudem. Quem sabe, em dois ou três anos vocês consigam (com um bom cursinho) passar na USP ou na Cásper.

No mais, bom feriado fumando maconha escondido do papai e trepando com cinco escondido da mamãe.



Escrito por Kari às 19h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


les girls

Adoro meus amigos homens.

Mas a cumplicidade entre amigas mulheres é algo essencial para a minha vida. Porque temos o melhor ombro e o melhor colo do mundo. Porque só nós entendemos alguns fardos, inseguranças, dor de peito, de filho, de amigo, de cachorro, de família. E só nós sabemos o que dizer e em que hora dizer.

E também sabemos destruir. Embora seja este o aspecto que mais me apavore nas amizades femininas, ainda prefiro o colo das minhas meninas quando algumas dores e inseguranças aparecem e móem nossa auto-estima. E porque minhas amigas são as melhores do mundo.

E volto a tecer meu manto de Penélope, por favor, me acordem apenas quando o tormento terminar. Porque o manto será desfeito quantas vezes se for necessário.

E vou da 25 de março comprar tecido. E vou no Shopping Iguatemi comprar lencinhos demaquilantes Evian e me acabar na MAC. Tá?



Escrito por Kari às 22h31
[ ] [ envie esta mensagem ]


Gomes

O namorado do meu poodle. Sou a sogra mais coruja do mundo. :)



Escrito por Kari às 16h12
[ ] [ envie esta mensagem ]


Cada país tem o Bruno Chateaubriand que merece.

O Bruno brasileiro. Ao lado, o Bruno versão Paquistão causando na Suécia.

Paquistão, me chocoteia!

Estilo Ramy.

O quê? Você não conhece Bruno Chateaubriand? Ok, da Wikipedia...

André Ramos, Narcisa Tamborindeguy (deusa, rainha!) e Bruninho.

"Bruno Chateaubriand é um socialite carioca que, recentemente, em sua festa de aniversário, declarou ser homossexual e atraiu, assim, grande apoio do movimento homossexual carioca que domina casas noturnas como o "Le Boy"."

Agora, please, vai ler CARAS, tá? E que Deus abençoe o Orkut.



Escrito por Kari às 11h42
[ ] [ envie esta mensagem ]


Who's on charge, sweetheart?

Na ligação telefônica internacional Antonia escuta um ogro berrando e utilizando palavrões como pontuação:

- Tô ligando de Dubai, porra, essa ligação é cara pra caralho e não tem ninguém aqui no aeroporto, será que você vai resolver essa merda ou vou ter que esperar teu superior te dar um esculacho?

Em dois minutos o problema (simples) é resolvido com uma ligação para o Canadá (15 teclas e quatro frases). A mocinha sorri com as pernas extendidas sobre sua mesa:

- Com o superior? Caro senhor, acalme-se. Você está falando com ela.


Machismo? Ok, desde que com diamantes, dinheiro na conta corrente e um Holerith provando que seu salário é maior, d'accord?



Escrito por Kari às 23h27
[ ] [ envie esta mensagem ]


ah, TV ao vivo!

O apresentador não se agüenta e casca o bico ao ouvir a voz de formiga de bambuzinho do marido da senhora na cadeira de rodas.

Dedico este vídeo para todos os filhos da puta do mundo, assim como meu caríssimo Roberto, minha mamãe turca e você que riu do marido da paraplégica. E como diria o turco... "tauba tauba tauba" - uma espécie de "Deus que me perdoe da sua feladaputice", em bom pashto.



Escrito por Kari às 23h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


Turca's New Addiction

Melhor que Orcúte, minha senhora. Mais um vício para corroborar com meu sedentarismo loser. E, acima de tudo, mais uma forma divertida de viajar sem sair do sofá: 43 Places! Lá você interage com usuários que já foram para os lugares dos seus sonhos, compartilha dicas dos lugares que você adora e passeia virtualmente em vários cantos do mundo.

E se você acha que ñinguém visitaria Burkisa Faso, milord, está enganadíssimo. Mal posso conter meus Ascaris lumbricoides: quero ir pro Casaquistão e quero ir agora!



Escrito por Kari às 19h16
[ ] [ envie esta mensagem ]


One night in Bangkok makes a hard man humble.

Se há um lugar na terra que me fascina desde meus tenros anos, Bangkok é o destino. Lembro bem de uma estátua de dançarina tailandesa que minha avó havia comprado em um leilão. Sim, uma típica dançarina com unhas postiças longas e curvilíneas. Igualzinha àquelas que minha mesma avó havia me mostrado em sua vasta coleção de revistas National Geographic (sim, ela é culpada por essa minha nerdice em viajar). Folheva as páginas das revistas por horas, apaixonada pelas figuras tailandesas e me cagando de medo daqueles demônios.

Mas não é sobre meus sonhos de viagem que quero escrever, hoje. Nananina. E sim sobre uma pérola dos anos 80: "One Night in Bangkok", uma música cafonérrima do musical "Chess" - escrito por Benny Anderson e Bjorn Ulvaeaus, a metade feia e barbuda do ABBA. E, sim, tem mensagens de guerra fria nas entrelinhas. É tosco, é corny, enfim, são os belíssimos anos 80! A performance é de Murray Head.

Please, não repare no cheiro de naftalina. No mais, recline a cadeira, sirva-se com Guaraná Taí e delicie-se com o clássico:

[THE AMERICAN]
Bangkok, Oriental setting
And the city don't know that the city is getting
The creme de la creme of the chess world in a
Show with everything but Yul Brynner

Time flies -- doesn't seem a minute
Since the Tirolean spa had the chess boys in it
All change -- don't you know that when you
Play at this level there's no ordinary venue

It's Iceland -- or the Philippines -- or Hastings -- or --
or this place!

[COMPANY]
One night in Bangkok and the world's your oyster
The bars are temples but the pearls ain't free
You'll find a god in every golden cloister
And if you're lucky then the god's a she
I can feel an angel sliding up to me


[THE AMERICAN]
One town's very like another
When your head's down over your pieces, brother

[COMPANY]
It's a drag, it's a bore, it's really such a pity
To be looking at the board, not looking at the city

[THE AMERICAN]
Whaddya mean? Ya seen one crowded, polluted, stinking town --

[COMPANY]
Tea, girls, warm, sweet
Some are set up in the Somerset Maugham suite



[THE AMERICAN]
Get Thai'd! You're talking to a tourist
Whose every move's among the purest
I get my kicks above the waistline, sunshine

[COMPANY]
One night in Bangkok makes a hard man humble
Not much between despair and ecstasy
One night in Bangkok and the tough guys tumble
Can't be too careful with your company
I can feel the devil walking next to me

[THE AMERICAN]
Siam's gonna be the witness
To the ultimate test of cerebral fitness
This grips me more than would a
Muddy old river or reclining Buddha

And thank God I'm only watching the game -- controlling it --

I don't see you guys rating
The kind of mate I'm contemplating
I'd let you watch, I would invite you
But the queens we use would not excite you

So you better go back to your bars, your temples, your massage
parlours --

[COMPANY]
One night in Bangkok and the world's your oyster
The bars are temples but the pearls ain't free
You'll find a god in every golden cloister
A little flesh, a little history
I can feel an angel sliding up to me

One night in Bangkok makes a hard man humble
Not much between despair and ecstasy
One night in Bangkok and the tough guys tumble
Can't be too careful with your company
I can feel the devil walking next to me

E o vídeo, aqui:
 



Escrito por Kari às 23h47
[ ] [ envie esta mensagem ]


L'Art de Vivre.

Existem comunidades de Orkut que resumem nossa alegria de viver como um true espírito de porco:

Dançando e Ofendendo

(cinco, seis, sete, oito)
Plié, demi-plié, arabesque, do-si-do, cara de cu!, gran jeté, comedor de bosta!, glissade de sous, flic-flac, pas de deux, cheira-rola!, degagé, stomp, stomp, cambré, pas marché, prega-frouxa!, filho de um pablito-boqueteiro!, demi-brás, developpé, elancé, pivot, senta no meu Aloísio e samba, corno!, failli, demi-plié, plié.


Sim, já voltei do Peru. Foi du piru e tenho mil coisas pra postar. :) Mas, antes, preciso me recuperar da caganeira, da falta de sono self-induced e do jet leg de... Hmm... Duas horas, hohoho. I really feel a bit loser about it.

     



Escrito por Kari às 08h49
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]

 

ah!libanezza!




BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Italian, Viagens, Livros, Fotografia


    

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from karinabu. Make your own badge here.

[ moody me ]


[ adoro ]
 23a. Idade
 3 Amiguinhos
 40 Graus Celsius
 Airline Meals
 Al Jazeera
 Ah, tá bom então!
 Bat Biscate
 Brasilsky Komsomolets
 Cabeça Errada
 Caboclo Sem Dente
 Carioca Virtual
 Ciência em Dia
 El Cronopio
 Historinha
 Daniel Becher
 Dusko Du Swami
 Dawn
 Indi(a)gestão
 Introspecthive
 É tudo puta!
 Fazendo a Mendiga
 Irea
 Estrupixels
 Jet Site
 Just Juste
 Fabriquinha de Clássicas
 Karinissima
 Flies in the Marketplace
 Lux-Religare
 Lonely Planet
 Lady Metal
 Gongados
 Madame Gongadera
 Made in Brazil
 Meu Ouvido Não é Penico!
 No Armário da Cá
 Pensar Enlouquece
 Perez Hilton
 Pururuque-se
 Que Pressão é Essa?
 Querido Leitor
 Sajid and Zeeshan
 Santos no Inferno
 Sedotec
 Seung Ju
 Sarajane
 Shoe Me!
 Sorry Periferia
 Stonned Bunny
 Strange Maps
 Technicolor Kitchen
 Te dou um dado?
 Tony Góes
 Modellón
 Tudo Pode Virar Crônica
 Uma Questão de... (Angola)
 Uniform Freak
 Viaje na Viagem
 Yalla!
 Oh Pakistan!
 Yuppie Guy



[ adote, doe ]
3 Amiguinhos
Anjos para Adocao
Jardim dos Amiguinhos
Jardim dos Amiguinhos - flog
Kantinho dos Peludos Novidades Bichos
Quero um bicho!
Vamos Ajudar!
Vittorio!







My 43 Places

[ brazzies overseas ]

23a. Idade
Astarojna
Balzakiana
Farofa na Neve
Meu Cantinho
No Armario da C?
O Imigrante ? um Forte
Pensamentos e Poesias
Shanghai Pudong - GRU

 


[ fun ]

Alan Sieber
Caco Galhardo
Camilla Eriksson
Kibe Loco
Maitena
N?quel Nausea
Radicci
Sarajane Fotonovelas
Sherman's Lagoon
The Far Side


[ fratelli d'Italia ]

Blob of the Blogs
Diario di Periferia
Grazie, Silvio
Il Tao del Blog
Momoblog
Se me lo Dicevi Prima
Silvio Berlusconi
Uiall?ll?
Voglia di Terra
Zoomata


[ links ]

Aria Database
Bayerische Staatsoper
Dawn
Fodor's
Footprint
Frommer's
Geoeconomy
Lonely Planet
Panrotas
Plastic.com
Reporters Without Borders
Robert Fisk
Rough Guides
World Newspapers
World Press Review
The Opera Critic
Trek Lens
Tripmates
World is Round



 



[ once upon a time ]

- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004
- 01/12/2003 a 31/12/2003
- 01/11/2003 a 30/11/2003
- 01/10/2003 a 31/10/2003
- 01/09/2003 a 30/09/2003
- 01/08/2003 a 31/08/2003
- 01/07/2003 a 31/07/2003
- 01/06/2003 a 30/06/2003
- 01/05/2003 a 31/05/2003