chegue-ei

Foi maravilhoso. Conheci muita gente legal - e muita gente nojenta, também. A produção brasiliense é muito boa, melhor até que muitos cineastas já consagrados. Acho que o cinema brasileiro precisa de idéias novas, mesmo.

Brasília

Enfim, conheci Brasília. É uma cidade interessante mas tudo é muito longe de tudo. Fiquei hospedada próxima ao Congresso. E resolvi fazer turismo... a pé. Quase morri, é muito longe. E os brasilienses comentaram "nossa, você é louca, foi até lá a pé!!!" Pois é. Estranhei o ritmo da cidade. Muito diferente de Sampa.

avião da TAM, o inglês, o canadense, o americano e muita saliva gasta.

É isso aí. Haja coragem. Nem tomei meu lexotan antes de embarcar. Mas como viajei ao lado de um inglês lindo (estava acompanhado, mas ela dormiu o vôo todo - e babar não faz mal a ninguém) e fomos conversando durante o vôo, fiquei calma. Aaaah, e como!!! Engraçado que o Nick (o british) era a cara do Ian (meu ex americano). Minha mãe bem que teve este insight, já que ele fez o check in na minha frente. E mesmo que a Suzy (minha aussie mom) ache que o Philippe (meu namô) seja do tipo do Ian... bem, o Nick não tinha nada a ver com o Lipe.

Viajar sozinha é isso aí. Modéstia à parte, eu estava muito gostosa de tailleurzinho preto acinturadinho, cabelo liiiiiiiiiiiso escorriiiiido e delineador a la arabesque. Levei umas cantadas, sim. Mas o que fazer se é o Lipe que eu amo? ;) Claro que babar nos outros não é pecado. Se fosse, meus 3 litros de saliva gastos me mandariam direto pro inferno.

Bem... eu dizia que o vôo...

Quase me borrei de medo na volta. Sentei justamente ao lado da asa do avião. E como ela tremia na hora da decolagem, fazia barulhos horrendos (mui diferente da VARIG, VASP, AIRFRANCE...). É aquele velho chiste, a TAM possui os únicos aviões que "batem asa pra voar." Humor negro... pero no mucho.

5 estrelas

Fiquei sozinha no quarto. Água Perrier, oba. Banheira, espuma, centro de estética. O-ba. Adoro essa profissão. Hotel chiquê no heart de Brasília.

voltei pra Sampa

Quero voltar pra Brasília. Já disse que amo ser repórter?

Escrito por kari às 09h53
[ ] [ envie esta mensagem ]


longas

Não assisti ao filme de Sílvio Tendler - "Glauber, o filme". Fiquei um pouco chateada pois, no dia em que foi exibido, eu ainda não estava em Brasília. Comento aqui os filmes que assisti:

Garotas do ABC (Aurélia Schwarzenega)
de Carlos Reichenbach



Sinopse (do site candango.com.br): As protagonistas de "Garotas do ABC" são dez operárias de uma indústria têxtil, recém saída da concordata. Mas é em torno de Aurélia, uma jovem e linda tecelã negra (fã do astro Arnold Schwarzenegger), que se desenvolvem os três eixos narrativos do filme: a família de Aurélia (pai, mãe, irmão, tia e sobrinha), as colegas dela (a tecelagem e o clube operário que freqüentam) e o bando racista que acompanha o seu namorado fascista.

Comentário da Karina: três eixos narrativos, metáforas esquisitas e cenas de nudez exageradas - como a maioria dos filmes brasileiros. Não gostei do filme. Mas também não foi o pior.


Lost Zweig
de Sylvio Back



Sinopse: Última semana de vida do escritor judeu austríaco, Stefan Zweig, autor do livro ¿Brasil, País do Futuro¿, e de sua jovem mulher, Lotte que, num pacto ainda hoje cercado de mistério, se suicidam em Petrópolis (RJ), após o carnaval de 1942, ao qual haviam assistido. Um gesto que continua despertando incógnitas e assombro pela sua premeditação e caráter emblemático.

Comentário da Karina: Único filme que gostei - dentre os longas que assisti. A direção de arte é maravilhosa, perfeita. E ganhou um troféu candango. O filme é muito bem feito, fiquei impressionada com a qualidade. Tudo está perfeito. A trilha sonora, as locações e figurinos. Adorei a atuação de Ruth Rieser, atriz austríaca que interpretou Lotte, esposa de Zweig. Um filme maravilhoso sem dúvida. Pra não dizerem que estou fazendo uma puta rasgação de seda... não gostei da estrutura da narrativa. O filme vai e vém no tempo, o que me confundiu várias vezes. Recomendo.

Claro que teve um grupo de gente ufanista que criticou o prêmio de melhor atriz para Ruth Rieser dizendo que "era um absurdo premiar uma atriz entrangeira em um festival brasileiro." Não acho. Isso é pura dor de cotovelo, não vi uma atriz sequer em outros longas que chegasse aos pés de Rieser.


Harmada
de Maurice Capovilla



Sinopse: Harmada aborda um tema universal: a luta de um homem que busca sobreviver e superar-se através da arte de representar e contar histórias. O roteiro, baseado na obra de João Gilberto Noll, segue a trajetória ao mesmo tempo lúcida e alucinada de um artista, um cidadão sem nome, que se apresenta como Ator, e que é flagrado num determinado instante de sua vida inteiramente derrotado. Ele encontra forças para se reerguer por meio de uma jovem que pode ser a sua filha e com isso formular um projeto de vida que vai mudar seu destino.

Comentário da Karina: insuportável. Saí na metade do filme. Haja estômago pra assistir cenas de sexo tão agressivas como as do início do filme. Ver o bundalelê incial com Paulo César Peréio nu não é pra qualquer estômago. Verossimilhança zero, detestei.


Filme de Amor
de Júlio Bressane



Sinopse: Três amigos ¿ Hilda, Matilda e Gaspar ¿ populares e suburbanos, encontram-se no fim de semana em um pequeno e pobre apartamento no centro da cidade para estarem juntos, conversar, beber e sentir prazer. Algum prazer. Hiato em uma rotina dura e medíocre.

Comentário da Karina: filme medíocre e nauseabundo. Ver um pênis ejaculando e uma vagina depilada. Poxa. Que inovação, hein? frustrante ver que o cinema brasileiro ainda apela pra putaria braba. Não dá pra dizer nem que o filme é inovador. "Império dos Sentidos" já existia muito antes e, pornografia é muito mais antiga que o cinema. Péssimo, horroroso, agressivo. "Mas veja, a fotografia de Walter Carvalho..." dirão alguns cults. Nem isso. Nunca senti tanto nojo.


Não assisti "Signo do Caos" de Rogério Sganzerla. :( Maiores informações sobre o festival poderão ser encontradas no site oficial: Candando.com.br .


Escrito por kari às 09h37
[ ] [ envie esta mensagem ]


Trigésimo sexto Festival de Cinema de Brasília

Foca em Brasília. Sim, eu. Raul Cortez me perguntou o que tinha para jantar no meu lado da mesa. Hotel 5 estrelas, água Perrier. Estou um saco de nojenta e de tailleur chiquê.

Tô indo, é feito postar no blog da sala de imprensa. ;)
baci

Karina, de Brasília para o Sztuczny Aromat truskawkowy

Escrito por kari às 14h07
[ ] [ envie esta mensagem ]


cansada

Acabei de voltar pra casa. Onze da noite... estava até agora na Globo. Nossa, minha cabeça está explodindo, estou com um puta sono. Passei no Habib's com a mamma pra comprar umas esfihas. Bah, que dor de cabeça.

causos da Bubusettete

Minha mãe é foda!!! Eis que ela berra e joga um troço marrom com forma de confeito de cachorro na minha mesa do escritório. E berrou: AAAAI O QUE É ISSO?

Quase vomitei, chorei, esperneei, berrei... e percebi que era apenas um pedaço de doce de banana.
Então ela começou a rir da minha cara. Chaaaaaaaaaaaves.

Kari's QUIZZ

Quer saber o quanto você me conhece... ou aprender um pouco mais sobre a guria aqui?
Crica:

Take my Quiz on QuizYourFriends.com!

Dez perguntinhas. E só.
Quem acertar mais que 8 perguntinhas vai ganhar um presentinho. :)

Gente, eu adoro Deep Purple...

Escrito por kari às 22h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


responda se puder

Quer saber o quanto você me conhece... ou aprender um pouco mais sobre a guria aqui?
Crica:

Take my Quiz on QuizYourFriends.com!

Dez perguntinhas. E só.
Quem acertar mais que 8 perguntinhas vai ganhar um presentinho. :)

Escrito por kari às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ]


Boa tarde,

Não queria estar incomodando a leitura do blog das senhoras e dos senhores mas é que estou passando por dificuldades financeiras. Minha faculdade estará aumentando cerca de 45% no ano que vem, meu namorado estará voltando ao Brasil. Não tenho dinheiro pra comprar o queijo brie do meu franco nem o perfume francês da minha mãe. A nível de problema, o meu é grande. Estarei viajando em breve. Portanto, aceito contribuições. Pode ser um passe, uma passagem aérea, vale transporte, cheque nominal pra Karina na minha conta no Citibank agência São João, dólares canadenses e americanos, jóias, relógios, vale coxinha, moedas, pedras preciosas. Aceito até cartão de crédito.

Deus lhes abençoe!!!


Escrito por kari às 10h30
[ ] [ envie esta mensagem ]


Karina e a outra libanesa

Quase esqueci de um fato digníssimo de nota que me ocorreu nessa semana. Desci pela escada do prédio (moro no primeiro andar) e dei de cara com minha vizinha libanesa (a vergonha da raça, aliás) neurotiquissíssima. Os "ibn" da charmuta (hahaha que du piru ficou esse trocadalho) estavam obstruindo a minha passagem e pedi, mui educadamente, "com licença".

Ela me olhou feio e começou a falar mal de mim, em árabe (como se eu não entendesse). Pedi, já não tão educadamente e um pouco mais seca: dá licença! Eis que ela puxou os filhos como que se os protegesse de um soldado turco. E descascou o verbo. Em árabe.

Daí o sangue toscano falou mais alto e a carcamana aqui berrou: ah vá, vá, vá... (não completei o "fanculo" pois não queria me nivelar). Só não a chamei de charmuta por que (além de ser um puta eufemismo) se minha mãe soubesse eu ia apanhar.

A mulher é tão neurótica que o marido precisa encher a cara. Lembro de quando o coitado urinava nos carros da garagem. Era chistoso. Claro que não mijou no meu Siena lindo... se tivesse... bah...

Realmente, meu prédio é um hospício. Não é à toa que moro aqui. Até meu poodle é neurótico.

Pequeno Dicionário Árabe-Português:

Ibn - filho
Charmuta - puta, no mau sentido.

Escrito por kari às 17h16
[ ] [ envie esta mensagem ]


minha dieta

- Ontem eu chutei meu regime pros ares. Coffe break cheio de cousinhas gostosas na Abril, yakisoba na rua, Dunkin Donnut (Anna me levando pro lado negro, sempre), chás, cafés e mais uma rodada de cerveja na hora de cabular aula da Ana Maria.

- Deixarei de fazer dança do ventre. Só dá pra fazer dança da pança, que vergonha.

- Dieta é uma ilusão de Matrix, como disse o Luís. Apenas o Hagen Daaz é real.

- O Philippe não engorda nem por decreto da ONU e nem a pedido do Hezbollah. Odeio isso. E eu não emagreço nem por reza braba ou despacho.

- Deus abençoe o Prozac.

- Já me chamaram de gostosa na rua, ou seja, estou realmente gordinha. Se me chamarem de frangão, me mato.

- Desculpem-me pela falta de visitas. Estou pirando com milhares de provas e testes. Visito todo mundo no final de semana.

Escrito por kari às 09h27
[ ] [ envie esta mensagem ]


r.e.g.i.m.e..e..m.u.i.t.a..n.e.u.r.o.s.e........

Ai que vontade de comer um chocolate. Branco, Laka... ou aquele ao leite da Hersheys com gostinho de ovo de páscoa (e 160 calorias per pedaço).

Mas estou aqui, resistindo estoicamente. E heroicamente. Comendo uma gelatina de uva light. Fingindo que isso sacia a minha voraz ansiedade. De que adianta meu Prozac?

E ainda recebo provocações philippescas de que, uma vez na churrascaria, precisamos botar pra quebrar. Sei que tal comezaina não ocorrerá em breve. Minha bunda está do tamanho do município. Isso é uma coisa que odeio demais no meu fofitcho. Ele come como um porco e é magro como um cotonete. Grrrrrr que inveja!

Estou super ansiosa por causa das provas de estágio.
O prozac não está fazendo efeito.

E pra dar um toque extra de drama, estou ouvindo Puccini.

...andrei sui Ponte Vecchio
ma per buttarmi in Arno!
Mi struggo e mi tormento!
O Dio, vorrei morir!
(O Mio Babbino Caro - interpretado por Maria Callas, ma-ra-vi-lho-sa!)


Essa semana: Karina em estado crítico, hunnies.

Escrito por kari às 15h29
[ ] [ envie esta mensagem ]


febre

Cá estou de bode em casa... com uma friaca e "calosfrios" (saudoso Seu Madruga). Sei que o tempo esfriou. E a febre, aqui, pegou. Ok, vou chorar a noite toda por não ver o professor de telejornalismo, hoje [sarcasmo]. Quero que vá tomar...


Ok. Tô de bode, febril e mal humorada...

Escrito por kari às 18h20
[ ] [ envie esta mensagem ]


fim de semana paulistano

Aula de chinês, cabeleireiro, curso de roteiro de cinema. Fui compensar o cansaço após isso tudo com a Anna lá na Di Cunto. Ela não viu o namorado no "findê". A Karina aqui, tampouco. Ok. Cazzo is Di Cunto?

Di Cunto é uma doceria + rotisserie + restaurante lá na Moóca (é sabido que a Anna é mooquense roxa e bairrista). Do estacionamento é possível sentir o cheirinho do Café Floresta que é torrado e moído naquela região.

Fui direto à seção das massas. Queria por que queria comprar beringela à parmeggiana. Comecei por aí. Levamos um quilo da iguaria que, nesta altura do domingo, já terminou. Depois fomos até a seção de salgados. Hmm. Finalmente, os doces. Comemos tanto que fizemos sporcatcha (sujeira, no dialeto da minha família née a Toscana e Sampa) de migalha. Comi, sim. Até sentir o zíper do jeans apertar.

Gosto do local. Posso falar no meu sotaque pátrio sem ter ninguém pra encher o saco. O paulistanês, ali, é fortíssimo.

Paulistanês na Suíça

Lembro quando estava em Lauterbrunnen e liguei para a mamma. Sabe-se lá por que cazzo meu paulistanês estava tão forte. Sei que uma guria inglesa bateu na minha porta pra me emputecer. Ela queria usar o telefone (tinham mais uns 500 ali... mas a vaca tinha que encher o MEU saco). Nem me abalei e continuei falando, até que ela berrou pr'um guri: there's a fucking italian bitch here...

Achei gozado. Italiana? Devia ser pelo meu sotaque, pelo tom da voz e pela gesticulação. Bem. Ingleses são meio mocorongos pra distingüir línguas. Continuei falando com a minha mãe, é claro. E fiz aquele sinal deveras internacional.

o resto do fim-de-semana

Cheguei em casa pra tirar aquela pestaninha gostosa e... acordei HOJE. Devia estar mesmo muito cansada. Aproveitei pra levar a nonna pra almoçar. Mais um passeio gastronômico. Preciso parar com isso. Em breve o franco chega por aqui e encontra a minha bunda do tamanho da cidade.

Assim não dá.

Escrito por kari às 20h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]

 

ah!libanezza!




BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Italian, Viagens, Livros, Fotografia


    

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from karinabu. Make your own badge here.

[ moody me ]


[ adoro ]
 23a. Idade
 3 Amiguinhos
 40 Graus Celsius
 Airline Meals
 Al Jazeera
 Ah, tá bom então!
 Bat Biscate
 Brasilsky Komsomolets
 Cabeça Errada
 Caboclo Sem Dente
 Carioca Virtual
 Ciência em Dia
 El Cronopio
 Historinha
 Daniel Becher
 Dusko Du Swami
 Dawn
 Indi(a)gestão
 Introspecthive
 É tudo puta!
 Fazendo a Mendiga
 Irea
 Estrupixels
 Jet Site
 Just Juste
 Fabriquinha de Clássicas
 Karinissima
 Flies in the Marketplace
 Lux-Religare
 Lonely Planet
 Lady Metal
 Gongados
 Madame Gongadera
 Made in Brazil
 Meu Ouvido Não é Penico!
 No Armário da Cá
 Pensar Enlouquece
 Perez Hilton
 Pururuque-se
 Que Pressão é Essa?
 Querido Leitor
 Sajid and Zeeshan
 Santos no Inferno
 Sedotec
 Seung Ju
 Sarajane
 Shoe Me!
 Sorry Periferia
 Stonned Bunny
 Strange Maps
 Technicolor Kitchen
 Te dou um dado?
 Tony Góes
 Modellón
 Tudo Pode Virar Crônica
 Uma Questão de... (Angola)
 Uniform Freak
 Viaje na Viagem
 Yalla!
 Oh Pakistan!
 Yuppie Guy



[ adote, doe ]
3 Amiguinhos
Anjos para Adocao
Jardim dos Amiguinhos
Jardim dos Amiguinhos - flog
Kantinho dos Peludos Novidades Bichos
Quero um bicho!
Vamos Ajudar!
Vittorio!







My 43 Places

[ brazzies overseas ]

23a. Idade
Astarojna
Balzakiana
Farofa na Neve
Meu Cantinho
No Armario da C?
O Imigrante ? um Forte
Pensamentos e Poesias
Shanghai Pudong - GRU

 


[ fun ]

Alan Sieber
Caco Galhardo
Camilla Eriksson
Kibe Loco
Maitena
N?quel Nausea
Radicci
Sarajane Fotonovelas
Sherman's Lagoon
The Far Side


[ fratelli d'Italia ]

Blob of the Blogs
Diario di Periferia
Grazie, Silvio
Il Tao del Blog
Momoblog
Se me lo Dicevi Prima
Silvio Berlusconi
Uiall?ll?
Voglia di Terra
Zoomata


[ links ]

Aria Database
Bayerische Staatsoper
Dawn
Fodor's
Footprint
Frommer's
Geoeconomy
Lonely Planet
Panrotas
Plastic.com
Reporters Without Borders
Robert Fisk
Rough Guides
World Newspapers
World Press Review
The Opera Critic
Trek Lens
Tripmates
World is Round



 



[ once upon a time ]

- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004
- 01/12/2003 a 31/12/2003
- 01/11/2003 a 30/11/2003
- 01/10/2003 a 31/10/2003
- 01/09/2003 a 30/09/2003
- 01/08/2003 a 31/08/2003
- 01/07/2003 a 31/07/2003
- 01/06/2003 a 30/06/2003
- 01/05/2003 a 31/05/2003