Um ano.

- Philippe... se eu fosse um bicho... que bicho eu seria?
- Isso é algum tipo de teste psicológico? Você vai me colocar contra a parede? Agora?
- Desculpe, esqueci que você é filho de psicólogos.
- Hmmm...
- Perguntei assim por perguntar, mesmo.
- Ah, se é assim... então você seria uma pantera... é linda e tem sua dualidade.
- Pantera???
- Você, pelo visto, não gostou da minha resposta.
- Hm, não é isso. Gostei... pelo significado e tal. É que não gosto muito de gatos.
- Então você é um peixinho dourado, cazzo. Tá feliz agora?
- Sabe que bicho você me lembra?
- Hm?
- Um coelhinho!
- Um coelhinho??
- Coelhinhos são fofos, são bonitinhos.
- Depois de alguns tiros e com muita mostarda Dijon. É assim que gosto de coelhinhos.


É por isso que amo meu Philippe. Ele gosta de coelhinhos como eu gosto de gatos (com farofa, no espeto acompanhado de uma boa cerveja depois do jogo). Mas o que eu deveria responder? A verdade? Ele ficaria brabo. :)

Sim, hoje é o nosso aniversário. Um ano. M-e-i-g-o.

Doumo Arigato!

Ganhei esse presentinho mui meigo da minha amiga Cá, do blog No Armário da Cá. Muito obrigada, miga!



Escrito por kari às 13h25
[ ] [ envie esta mensagem ]


anteninhas de vinil

Esqueci de comentar um fato realmente chistoso que ocorreu no meu fim-de-semana. Fui até a 25 de março com a minha mãe para comprarmos cristaizinhos e outras fanfreluches. Eis que encontrei uma loja de fantasias. E não pude resistir. Comprei uma tiara com dias anteninhas. A la Chapolin.

Minha mãe apostou 5 reais comigo para que eu fosse da Abdo Chaim até o estacionamento (perto do Parque Dom Pedro, aquele lugar horroroso) com as anteninhas na cabeça. Brima que é brima não recusa uma oferta de dinheiro assim. Lá fui eu.

- Aê gaiuda!!!
- Aê abeiuda!!!


Ganhei 5 pilas.
Fácil, fácil. Preciso passar na Comix para comprar a camiseta vermelha do Chapolin. É pra fazer upgrade na caracterização.

Escrito por kari às 22h20
[ ] [ envie esta mensagem ]


blah



Falta de criatividade anunciada. Espero ter algum post interessante até o fim da semana.

Escrito por kari às 11h08
[ ] [ envie esta mensagem ]


(...)
- Mas então, tchê?
- Pôs tô aqui.
- Que venham os loco?
- Que venham os loco que eu reparto de pechada, tchê.
- Oigalê!
- Por Freud e Silveira Martins!
- Oigatê!
- Se corcoveá eu monto.
- E dá de relho.
- Bueno, de relho não. De relho só cavalo aporreado e china respondona.
- Guasca velho! E tu não tem nada pra botar pra fora? Recalque, complexo ou arroto?
- Mas o que é isso, índio velho? Tu sabe que bageense é como vitrine de belchior, tá tudo ali na frente. Escondido só bragueta de gordo.
- Não é como essas outra raça.
- Pôs não é. Tem raça que é que nem cestinha de morango. Por baixo é tudo podre.
- Bueno, se todo mundo fosse gaúcho, ser gaúcho não era vantagem.
- E ia faltar mate.
- Deus fez os outros primeiro e o gaúcho quando pegou prática.
- Por isso é que tem tanto índio desajustado.
- Teu trabalho é curá esses desgarrado.
- E tu acha que eu tô pronto, tchê?
- Mas tu tá virando carvão, tchê. Salta daí e vai trabalhar.


Diálogo entre o analista de Bagé e ele mesmo, após a formatura. Adoro Luís Fernando Veríssimo. Concordo que todo o analista deve fazer análise antes de analisar os outros. Como o cirurgião que desinfeta as mãos "antes de mexê em tripa alheia." Literatura gaúcha - em gauchês.

Se falo gauchês? Não sou fluente. Leio, entendo mas minha pronúncia não é das melhores. É como meu francês e meu italiano. Aí que peço uma ajuda daquelas para minha correspondente internacional de Ijuí, saudosa Maitê!

Por hoje, é isso. É tanta coisa que tenho pra falar que não direi nada. Bom fim-de-semana. Pobre do Ricardo Bittencourt que vai me agüentar como companhia pra Mostra.

E tenho que dormir cedo. Amanhã tenho aula de chinês e roteiro de cinema. Aliás, china respondona não é aquele país do sudeste asiático tão mal falado. China é mulher. Também conhecida como chinoca (já disse que meu pai é gaúcho daqueles, de Lajeado e garrafa térmica).

Escrito por kari às 23h37
[ ] [ envie esta mensagem ]


Não sei preparar um chimarrão...



Sou paulistanérrima de sotaque puuuta carregado. Mas meus genes gaúchos (meu pai é de Lajeado, mistura de português, alemão e suíço) ficam doidinhos quando o assunto é chimarrão. Estou mateando, aqui... mas não sei preparar o mate direito. Vivo entupindo a bomba e fico verde de tanto mate que derrubo na pia.

Estou terminando o trabalho de Jornalismo Básico III. A professora é siciliana. Meu lado toscano sabe que com o povo da grande ilha não se brinca. A mulher é braba! Mas é muito boa!!!

Amanhã tenho um teste daqueles. Desejem-me sorte.
Ai que friozinho na barriga.

aquele amplexo para todos da guria que acabou de reentupir a bomba...

(aaaaaaaai a bomba desentupiu, puxei com força e o chimarrão quente foi parar no meu cérebro, aiiii)

é, Maitê, a gaúcha wannabe aqui tá mal. :/

Momento Piaget da Karina

"Mamãe, tem um mosquito na sala" - Noêmia, meiga, falando do Lucas.
"Tá bom, pega essa kalashnikov e acaba com ele!" - Ana Karina, psicopedagoga.

Obrigada pelo lembrete, Luís. :)


Escrito por kari às 23h37
[ ] [ envie esta mensagem ]


Não existe um trabalho ruim. O ruim é ter que trabalhar.

Bah. Cá estou atolada de testes de emprego, testes de faculdade, procurando um estágio bacana. É fogo. Mas tenho fé. :) Vou ficar meio quieta, tenho que estudar a valer. Portanto, não estranhem meu silêncio por aqui. É temporário.

Enquanto isso, vocês podem tentar entender os italianos. Animação du piru.

E hoje, é só.

Escrito por kari às 11h59
[ ] [ envie esta mensagem ]


começou a 27o. Mostra BR de Cinema

Quem me conhece sabe que sou tarada por cinema. Especialmente por filmes da Mostra. Mas há uma coisa que, todos os anos, me emputece. E muito. A má educação da dita elite intelectual paulistana. Há quem já tenha dado tapas numa fila lá no Espaço Cultural Unibanco... por causa de um ingresso.

Estou doida para assistir a Colheita das Olivas, de Hanna Elias. Já sei do drama que será conseguir um ingresso e um bom lugar no cinema. Já sei que vou me irritar com a má educação dos outros. Acho incrível que um evento que deveria me fazer feliz possa deixar meus nervos tão a flor da pele. Para assistir meu filme (que será exibido no domingo), terei que levar uma Kalashnikov e chegar muito cedo.

Claro que há muitos outros filmes que pretendo assistir. Alila, de Amos Gitaï (ok, sempre me emputeço com o sionismo embutido nos filmes do diretor), será exibido justamente quando não poderei assistir. E sinceramente, nem vou sentir tanto. Minha tolerância ao sionismo israelense anda a zero, ultimamente. Lembro do último filme do Gitaï que assisti no cinema: Kippur, o Dia do Perdão. Saí de lá um pouco perturbada.

Também não sei para onde foi a minha paciência com filmes iranianos. Vide o Balão Branco. Poxa... ninguém agradece ao menininho. Se eu fosse ele, torceria o peixinho!!!

Ir ao cinema sem o namorado é horrível, mas não tem jeito. É melhor deixar a Mostra passar. E assistir aos filminhos quando estes forem relançados, normalmente. Aí sim dá pra assistir com meu pazzoleto, calminha, sem stress, no meio da tarde numa sala vazia do Espaço Cultural Unibanco sem aquelas pessoas super cool de óculos com armação grossa "ma-mã-ãe sou moderno", combinações rrrridículas de laranja e verde petróleo e aquele ar blazé insuportável.

E aquelas gurias de saia de chita com tênis, óculos, cabelos curtíssimos, borboletinhas no cabelo tão habitués daquela livraria super cool da Vila Madalena? Ou aqueles meninos de cabelo ruim que deixam a juba crescer (tá na moda), colocam tiarinha e tererê (dread é a vovozinha, aquilo lá é tererê mesmo), calça cáqui e tênis super colorido (quando não usam sapatos rrridículos cheios envernizadinhos)...

c-r-e-d-o

Prefiro ficar em casa assistindo Pedro Escamoso - que aliás, é du piru!

Escrito por kari às 13h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


Bananas, simples bananas.

Dia lindo em Sampa. O céu está azul, meu jardim está cheio de flores. Alguns vizinhos já estão aproveitando o dia, posso sentir o cheirinho de churrasco. Estou em Higienópolis e, graças a Deus, não escuto nenhum pagode pra acompanhar a festa. Dia gostoso para sair e... cá estou em casa. Preciso estudar *muito*. Já estiquei as pernocas ao sol, já li, vi TV. Odeio ficar em casa. Aproveitei para fazer uma torta preguiçosa de banana.

E ela está lá... assando. Adoro bananas. Decidi fazer uma pesquisa no Google. Eis o que achei:

Há um diretório no Google criado especialmente para colecionadores de adesivos de banana. Sim... aquele adesivo que vem grudado na banana indicando a empresa que a produz. Tipo "bananas Roque". Sim, tem gente que coleciona isso. Duvidam? Então vejam a coleção de selos de banana do Bill.

O nome científico da frutinha é Musa sapientium.

A banana é originária da Índia. De lá, a planta espalhou-se pelo mundo e chegou à África -e foi de lá que os portugueses trouxeram a planta para o Brasil, onde se desenvolveu muito bem e logo se tornou o fruto preferido dos indígenas.

Li num site: "considerada por muitos como a fruta perfeita, a banana é fruta de muitas qualidades: amadurece aos poucos, fora do pé, facilitando a colheita, o transporte e o aproveitamento ; é fácil de mastigar, nem muito dura, nem muito mole; não dá trabalho para descascar; é fácil de comer e não suja as mãos com sucos e caldos ; tem um gosto bom, nem doce demais, nem azeda ; não é enjoativa ou indigesta; é altamente nutritiva, bastando umas poucas para matar a fome ; é totalmente aproveitável e sem caroços ; não tem espinhos, nem fiapos e nem bichos; nasce em todo tipo de solo e pode ser encontrada durante o ano inteiro." Ok... agora a minha bananeira precisa saber disso, pois nunca deu uma bananinha sequer.

Um cacho de bananas pode pesar até 40 quilos.

E como tudo, na internet, tem seu "Complete Guide"... nossa frutinha não poderia deixar de ter o seu banana.com - história, receitas, uso medicinal, como cultivar uma banana...
] [ envie esta mensagem ]


Bananas, simples bananas.

Dia lindo em Sampa. O céu está azul, meu jardim está cheio de flores. Alguns vizinhos já estão aproveitando o dia, posso sentir o cheirinho de churrasco. Estou em Higienópolis e, graças a Deus, não escuto nenhum pagode pra acompanhar a festa. Dia gostoso para sair e... cá estou em casa. Preciso estudar *muito*. Já estiquei as pernocas ao sol, já li, vi TV. Odeio ficar em casa. Aproveitei para fazer uma torta preguiçosa de banana.

E ela está lá... assando. Adoro bananas. Decidi fazer uma pesquisa no Google. Eis o que achei:

Há um
Existe, em Washington (tinha que ser coisa de estadunidense), um
Museu da Banana. Se você está cansado do Guggenheim, do Metropolitan ou do New York Museum of Modren Art... vá para Washington aprender informações sobre a fruta perfeita. E que informações!

E no Canadá há uma publicação chamada Banana Mag. Sim, revista banana numa tradução literal. Esta é uma publicação feita para a comunidade asiática. O motivo? Não sei exatamente, mas meu professor de chinês uma vez comentou comigo que as crianças chinesas que moram nos Estados Unidos são chamadas de bananas. "Amarelas por fora, brancas por dentro."

Informações medicinais: por ser rica em Potássio, ajuda a evitar e a regular a hipertensão arterial. As bananas maduras são eficientes para controlar a diarréia, ajudam no sono e melhoram o humor.

Go Bananas - quem já foi pra Europa deve conhecer o Banana Card. É o cartão telefônico mais popular na Europa. Usei muito pra falar com a minha mãe e meus amigos. Que saudades daquela vozinha eletrônica de sotaque british no úrtimo "welcome to banana card, please enter your pin number."

A banana apresenta boas quantidades de Vitaminas do Complexo B, Vitaminas C e é ótima fonte de Potássio. Cem gramas de banana prata têm, mais ou menos, 89 calorias.

Chega por hoje, antes que nos embananemos!


Escrito por kari às 18h05
[ ] [ envie esta mensagem ]


mas tinha que ser a China mesmo...

Deu no Folha Online:

"A economia chinesa cresceu 9,1% no terceiro trimestre de 2003, elevando o PIB (Produto Interno Bruto) chinês em 8,5% nos últimos nove meses, revelou o governo nesta sexta-feira. Nos três primeiros trimestres do ano, a taxa de crescimento subiu 0,6% em relação ao mesmo período de 2002, destacou a agência nacional de estatísticas chinesa."

Conversava ontem com meu amigo Ricardo Bittencourt e fiz um pouco de birra para aceitar que a China poderá, assim como os Estados Unidos, exportar cultura mundialmente. Ainda credito um pouco naquele tal choque de civilizações (esquerda, não me encha o saco) e duvido um pouco que isso aconteça. Mas...

* Veja o pessoal comprando N coisas com hanzi (ideogramas chineses)... Aí vem a patricinha boboca e me diz "mas o meu ideograma do amor não é chinês, é kanji japonês". Bem, os kanjis vieram dos hanzis.

* Feng Shui. O que tem de madame contratando profissional disso aí para reorganizar os móveis da casa aqui em Sampa... não está escrito!!!

* O Tigre e o Dragão - esse filme lançou uma pequena febre. Não chegou a ser grande como a do Pokemón e tal. Mas já é um começo. O cinema chinês está se desenvolvendo. Já conheço fãs de Gong Li (aliás, sou uma).

* O número de alunos no meu curso de chinês aumentou consideravelmente.

* Nossos brinquedinhos eletrônicos, infantis e outros já tem o Made in China estampadinho.

* Já soube da existência de um "maoísta cristão" aqui em São Paulo, por mais contraditório e paradoxal que isso possa parecer.

* Daqui a pouco o pessoal pára de usar camisetas do Che e as trocam pela do Mao. Não me surpreenderia nem um pouco, especialmente após conhecer o pessoal do PSTU e PCO.

* Jackie Chan, Jet Li, Chow YouFat... a invesão já começou. Acho o terceiro chinês aí um fofo em especial.

* A China tornou-se o terceiro país do mundo que mandou um tio para o espaço. Não como nós, baxirén(brasileiros, em chinês) que mandamos os nossos para o outro espaço - mais conhecido como beleléu.

Te segura, Bush!
É, nós, árabes... ficamos para trás nessa. Que Habib's que nada, o próximo McDonalds será o tiozinho que vende yakisoba na porta da minha faculdade!

Escrito por kari às 11h50
[ ] [ envie esta mensagem ]


lista pro Papai Noel

Tô cansada de pedir, todos os anos, a minha saudosa bola quadrada pro velhinho e não ganhar um cazzo. A Darsh me mandou um link "du piru". Ô babbo, passa lá na Oxford Street e me traga estes ítens sensacionais do Monty Python *plís*

Black Beast of Aaargh de pelúcia:


Mas se não tiver, pode trazer esse pequeno clone da Tati... o coelhinho mais mau-humorado e cruel com grandes dentes afiados!!! (e uma excêntrica atuação de Tim, the enchanter).


Bem, fico aqui por hoje... eu deveria estar muito mais criativa após notícias tão boas de um certo Philippe Filipescu de Montréal - e não da Macedônia, capisci?

Dirá a Bubu-mãe "Pelo menos agora ela arruma o quarto!!!"
Ecco!

bisoux

Escrito por kari às 11h40
[ ] [ envie esta mensagem ]


*suspiros*

01:11 am.
Ele me ligou.
Do outro lado de lá do globo.
Por que eu pedi.
Vou dormir.
Tão feliz.
E ouvi "Happy Anniversary".
14 de outrubro.
Ontem.
Ele se lembrou.
Agora, vou dormir.
Tão feliz...

Escrito por kari às 01h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


FELIZ DIA DOS PROFESSORES!!!

Bem... primeiro, um beijo especial para a minha mammy mui linda que é professora universitária. :D Te amo, mammy!!! E depois... feliz dia dos professores a todos os professores (bem, nem todos... há um grupinho de 3 ou 4 lá da Cásper e do Mackenzie que eu quero que catem coquinho)!!!



Viva a Petta, o Basile, o Marcelo Coelho, o Arbex, o Mário Vítor, o Sidney de História, a Mônica, o Jorge, o Unzelte (maldito trabalho), a Filomena e a Verinha da Rádio Eldorado, o Pedro Vaz da Rádio Capital, a Bistane vira-casaca que eu não consigo não gostar, o Luís (orientador, amigo e alma gêmea da Anna Carolina), o Clóvis (saudoso!), a Nanami, o Flosi (dono do macaco mono) e outros professores BONS da Cásper Líbero.

Do Mackenzie... saudoooosa Catarina, Júlio, Nazaré e Gracinha. Viva o Totonho de Física!!! E a Sandra de Inglês, que morava na casinha do retro-projetor (ela vivia apontando pro móvel e dizendo "this is my house", vá entender...)!!! A Márcia de matemática que tinha uma paciência incrível comigo. E a Luciana de inglês, muito linda!!!

Viva o Herr Oliveira, o melhor professor de alemão que tive... e a Soninha de francês! E, é claro... ao meu laoshì David, o professor de chinês mais fofo do mundo!

Longa vida ao meu instrutor de auto-escola, Wagner, que me ensinou uma sorte de sacanagens úteis no trânsito para emputecer boyzinhos - além de um leque amplo de insultos!!!

E viva a minha avó toscaníssima que me ensina italiano!!!

E ao Philippe que é teatcher de ingrish, além de exercer outras funções que não descreverei aqui!!! ;)

E aos meus amigos e leitores que são professores, um beijo especial a todos eles... pq haja paciência, né?


viva o Mestre Lingüiça... digo, digo... Professor Girafales!!!

Escrito por kari às 12h30
[ ] [ envie esta mensagem ]


Segunda-Feira, 13 de outubro de 2003

Divagações durante a feitura de um trabalho chato

Faltei para terminar meu trabalho de jornalismo econômico. Escrevo um pouco. Travo. Páro. Ficar em casa fazendo trabalho de jornalismo econômico quando eu deveria estar na Cásper Líbero tomando aulinhas de telejornalismo com um professor nervosinho é muito bom. :)

Ruídos e Comunicação

Sem empregada - sem aquele soundtrack de KLB ou músicas de consultório médico. Tô ouvindo lounge (Thievery Corporation). Bacaninha.

Sem obra no apartamento de cima (não sei que cazzo esses cornos tanto furam e pregam o dia inteiro) - nada de tek tek, pedreiro assoviando 'Adocica' do Beto Barbosa (e fico com o refrão na cabeça 'adocica meu amor, adocica, adocica meu amor, a minha vida ô!).

Telefone - quero desligar. Mas a Xu vai ligar.

Novelas

Obaaaaaa!!! Vou assistir Pedro Escamoso!!! Que novela da Globo que nada (se bem que assisti um bocadinho da novela nova, ontem... já teve "intertrepação". Pelo menos não é novela italiana. Ouvir o povão falando 'ecco' é dose. E pseudo-italiano? Com "tcherteza" (certezza) ou "não entchendo" (non capisco un cazzo).

E a novela árabe? Ma-mã-ãe. Por casa dessa cara tão turca fui motivo de comparações e troças. Chaaaves. Some a isso tudo um 11 de setembro. Aí que deu orgulho da raça! Sou brima mesmo e não nego. Mas aquela novela era dose... arder no mármore do inferno e popularizar "inxalá" (Inshallah), "xucran" ou "xucrão" para shukran e, até mesmo o básico "salãmaleico" (assalam-aleykum)... me poupem!

Pedro Escamoso regra e chuta glúteos!

Cachorros

Meus dois chupacabras travestidos de poodle estão calminhos. E peladinhos.... pq a mammy os levou para a tosa. Ô maldade. O Harry tá parecendo um bezerrinho, ti fofo. A Tati continua linda.

Internet

Ô tentação de ficar navegando em sites toscos como esse aqui. Teste: Que país você é? O meu deu o Canadá - pq respondi cretinamente. Se estou p* com meu "alguém"? Deveras.

Aproveitei e mudei o layout do meu blog em inglês. :)

Roupas

Calça de ficar em casa.
Moletom de ficar em casa.
Meia colorida e pantufa de patinho.
Nada de salto, delineador, brincos e outras fanfreluches.

Comida

Café. Um pedacinho de queijo, uma dose de vinho (sangue toscano falando) pra alegrar e, daqui a pouco, estarei escrevendo sobre o mundo de Beakman no meu trabalho de Jornalismo Econômico. "Os juros devem manter-se a 7% no próximo ano, segundo o rato de laboratório Lester".

Falando em Lester... que saudade do Arbex, meu professor de História da Imprensa e manda-chuva do Brasil de Fato (aquele jornal diagramado no Word, como dizem por aí). Putz, eu amo o Arbex, ele é muito fofo. Ok. De volta ao trabalho e às divagações.

Preguiiiiiiiiça

Aí... vou sentindo uma preguicinha... a Xu já ligou. Estou sem disposição para continuar o trabalho de economia. Bah, que picaretice.

Trabalho de Técnicas de Construção de Roteiro

Decidi mudar de assunto. Sou geminiana. Vou fazer meu trabalho do Curso de Roteiro de Cinema. É muito mais divertido. Woody Allen é bem mais legal do que juros.

TPM

Por isso que estou birrenta, chorosa... hoje é dia 13 de outubro. Puta TPM.



Terça-feira. Hoje!!!

Day after...

Não terminei o post. Nem o trabalho de jornalismo econômico. Vou pegar o disquete, as fitas e o laptop e sair desse meu escritório. Bah. Estou pirando aqui.

Aos que por aqui passam nessa terça-feira (terminei o post agora), uma boa tarde. :)

Escrito por kari às 12h08
[ ] [ envie esta mensagem ]


embromation na aula de Técnicas de Redação III

Sexta-feira, aprontei. Tive que escrever um perfil descritivo sobre qualquer personalidade. Poderia ser político, futebolista (daqueles que vivem descendo lenha), cantor ou cantora ou sei lá o que. A Noêmia, muito fofis, escolheu o Chico Buarque. A Karina, já nem tão fofis assim, escolheu o Amado Batista. Aproveitando o "furo" de minha cara colega nos comments do post passado(Notícia em tempo real: Karina, na Cásper, às 21h15, escrevendo a biografia do Amado Batista "O amado que só quer ser amado") vou postar a pérola aqui, neste blog (atendendo a milhares de pedidos).

Olha, se eu ganhar, ao menos, um sete... mereço um troféu cara-de-pau. :)
E tenho dito.

O AMADO QUE SÓ QUER SER AMADO

A idade não é revelada nem às paredes. Diz ter ¿trinta e uns¿ mas sua aparência física o contradiz. É baixinho, não alcança 1,70m. Aparentemente gordinho, veste sempre cores claras e muitas jóias como um sinal de vitória sobre pobreza. Era o caçula entre dez irmãos, filhos de agricultores.

Os cabelos, crespos e grisalhos. Suas pernas e braços são curtos. Mas a fama e a música o transformaram em um símbolo sexual entre toda uma classe. Seus olhos são pequenos e emoldurados por sobrancelhas curtas e grossas. E são eles que lançam olhares sensuais que despem e despedaçam o coração de suas fãs.

Fã de Beatles e Roberto Carlos, aprendeu a tocar violão e se apresentava para as pessoas na roça. A carreira musical começou nos anos 70, quando comprou uma pequena loja de discos usando o dinheiro que juntou após anos de trabalho como faxineiro e catador de papel nas ruas de Goiânia. Nessa loja, conheceu artistas e empresários. Tais amizades resultaram em prisão, no auge da ditadura militar.

Seu primeiro sucesso musical foi a canção ¿Desisto¿, escrita após tentativas frustradas de sucesso com seus primeiros discos. Um milhão de cópias vendidas foi sua recompensa. Não havia foto na capa do álbum. Assim, o artista vendia seus próprios discos sem que ninguém o reconhecesse. Ao assinar um contrato com a gravadora Continental, pôde firmar sua fama: mais de um milhão de cópias em cada um de seus próximos álbuns.

É conhecido como o cantor das empregadas. A cada show, recebe presentes, ursinhos de pelúcia, doces e até calcinhas - que são atiradas no palco. Em uma de suas apresentações, uma fã se escondeu no teto do camarim, que não resistiu ao seu peso fazendo com que despencasse no colo do cantor.

Ele enriqueceu. Comprou uma casa para os irmãos e, finalmente, liquidou seu trauma de infância: atualmente tem catorze bicicletas. O objeto, recorrente na letra de suas canções, era o sonho do pequeno artista que, na roça, só podia admirá-las.

Sua filosofia de vida é viver bastante sem prejudicar ninguém. E seu desejo é apenas ser amado ¿ assim como seu nome: Amado Batista.

Escrito por kari às 13h46
[ ] [ envie esta mensagem ]


sailor moon live action

É isso aí. O lead é da Herói.

No sábado passado (4/10) estreou na TV japonesa, às 7h30 da manhã, o primeiro episódio da série Sailor Moon em formato de Live chorosa... hoje é dia 13 de outubro. Puta TPM.



Terça-feira. Hoje!!!

Day after...






Leia mais.

de resto...

continuo de bode



Escrito por kari às 09h17
[ ] [ envie esta mensagem ]


sertão

Tô fazendo trabalho de faculdade como vocês podem perceber. Estou escrevendo sobre o cazzo da identidade nacional. Segundo a minha professora o brasileiro é o sertanejo do nordeste. Eu, você, ela... não somos brasileiros (segundo a professora). Carnaval não é brasileiro (pode até não ser de verdadinha... mas diga isso pros gringos). O paulista tampouco. Oras, vocês nunca ouviram nossos sotaques? Somos toscanos, lombardos, napolitanos e sicilianos. Menos brasileiros. É que a pazza defendeu essa tese no mestrado dela. Logo, quem discorda... será exilado no Turcomenistão.

Professora... na salada se coloca vinagre. E não cachaça, pô!

Radio Gagá

Estou aqui tentando estudar no meu kari-escritório nesta manhã de quinta-feira, tão bonita... mas tenho uma empregada. Ou seja, a rádio tá a mil. E não adianta pedir pra abaixar: a teimosia baiana vence a paulistana, aqui. Vence quem é mais teimoso, não é? Se bem que ela deixa na Alfa FM (o que é quase a mesma coisa que estudar na sala de espera de um escritório). Entonces...

Aí começou a tocar algumas músicas do John Lennon. Ela trocou de rádio. Highway to Hell, AC/DC. É, vou ficar quieta. :) Já estou agradecida por não ouvir pagode.

Marmita chique no úrtimo

Esses japoneses!!! Veja que coisa chique. Mas é claro que eu troco uma dessas por um talharim al lemone, má é craro!!!



Escrito por kari às 10h55
[ ] [ envie esta mensagem ]


picareta way of life

Estou atolada de provas e trabalhos. Muitos deles são bem picaretas. O Sr. reuters foi-se, mas fez escola. Veja só... jornalista tomando aulas de administração de empresa. E não teremos jornalismo especializado em economia/política internacional. Fabuloso.

Bah. Dias piores virão.
Calma Juninho, já vou te linkar. Mas não chame a minha mãe de Sênior, ô.

bisoux

Escrito por kari às 16h43
[ ] [ envie esta mensagem ]


Children... behave! Olha só que o que aconteceu com alguns aluninhos mais exaltadinhos, lá no Marrocos. Do UOL Tablóide.

Professora marroquina joga dois alunos barulhentos pela janela

É de menino que se torce o pepino. Ou, traduzindo o ditado popular: criança a gente educa desde cedo. Mas tem gente que exagera. Mesmo.

Dois meninos ficaram feridos nesta segunda-feira em Marrocos quando sua professora os jogou pela janela de uma sala de aula localizada no primeiro andar de uma escola. O motivo do ato da professora seria o excesso de barulho feito pelos alunos, disse um funcionário do Ministério da Educação marroquino.

Um dos alunos, de 9 anos, foi levado a um hospital com um ombro fraturado e ferimentos no rosto e na cabeça. O outro defenestrado, de 10 anos, sofreu ferimentos leves. Segundo o funcionário, que não foi identificado, a professora alertou que os jogaria pela janela se não ficassem quietos.

O sincero e severo funcionário acrescentou que os alunos deveriam ter dado atenção ao alerta, e que a professora sofre de depressão.

...

Se a idéia pega, acho que algumas maricotas do terceiro jocê verão a Avenida Paulista cada vez mais perto. Se sou uma delas? ... então, como eu dizia, a aritmética é uma das matérias que...

and now...



votem, votem, votem!

Escrito por kari às 10h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


quente, muito quente

calor...

quase derreti hoje...

dor-de-cabeça...

Mas voltei pra casa, tomei aquele banho, fiquei no meu jardinzinho e estou melhor. Sentia falta de ficar com as pernas de fora... e bah, como estão brancas.

Não tenho nada de novo pra postar. Estou cansada.

Escrito por kari às 22h24
[ ] [ envie esta mensagem ]


fondue no calorão

É isso aí. Havíamos (Lucas, Carol, Bispo, Dri, Henrique e eu) marcado esse fondue já tem um tempão. O inverno passou, a vontade ficou e... em pleno sábado primaveril fizemos aquele foundue de queijo BOM. :) Aproveitamos para assistir os filmes que o Henrique fez. Ficaram bacanas a valer.

O Lucas picou a mula antes da cobra fumar, é claro. Fizemos um joguinho novo do tipo jogo da verdade mas um pouco menos comprometedor. Alguém diz "eu nunca fumei". Quem já fumou deve virar uma dose de vodka. Bem... é claro que o assunto despencou pra coisas pessoais, perguntas direcionadas foram feitas e ficamos todos de porre. Na verdade eu não cheguei a ficar bêbada... só mole e alegre. Ah, e meu estômago estava péssimo. O Bispo, pra disfarçar a vodka, fez um refresco de uva verde... urgh, que coisa ruim!!!!

italiano para toscanos

Este foi um fim-de-semana BOM. :) Aula de chinês, roteiro e... em breve italiano. Sim, fui até a Liga Itálica (pertinho do Centro Social Chinês) pois estou muito tentada a aprender o idioma de Roberto Benigni. Conversei com a professora Ana, de Perugia. Simpatissíssima. Contei que meu ouvido é bem treinado por causa da minha nona. Ela começou a falar italiano... eu entendi *tudo*. Yay! Em dezembro eu começo o curso para aprender a pronúncia. Mas pelo jeito acho que engato no idioma rapidinho. :) Pelo menos isso... já que meu [idioma] francês está bem fraquinho. E o chinês, então? Quase moribundo. bù hao

filmes

Aproveitei para alugar "O Poderoso Chefão" e "Baraka". Não achei o "Dawn with the Law" do Roberto Benigni... traduzido como "Dar um bailó". Muito bom. Fui na 2001 do Sumaré e não encontrou. Bem, a moça que me atendeu era meio mocoronga, nem procurou a fita em outras lojas. Bah. Fica pro próximo FDS.

Ai, como adoro o Marlon Brando de Vito Corleone. :)

Escrito por kari às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ]


É rrrrrrridículo...
... pronunciado com aquele sotaque paulistanês da turca que vos escreve:

Alexandre Pires chora ao cantar para Bush na Casa Branca

SÃO PAULO (Reuters) - O cantor Alexandre Pires chorou ao se encontrar com o presidente norte-americano, George W. Bush, nesta quinta-feira, durante a cerimônia da Descendência Hispânica na Casa Branca, em Washington.

Pires, o ex-pagodeiro que se tornou ídolo no mercado latino com músicas românticas, cantou "Garota de Ipanema" na versão em português e inglês, e presenteou Bush com um livro de fotografias do Brasil. (...)


...

Que vergonha!!! Não pude deixar de comentar aqui o assunto do último post do blog da Maitê (A Jornalista).

Já exportamos essa porcaria. E agora ele dá uma de "mamãe, como me humilho pelos Estados Unidos, God Bless America". Bem que ele poderia ficar por lá. Claro que o mocorongo não tem o mínimo conhecimento de como as coisas funcionam. Emocionar-se pelo Bush? Bah, que vergonha!!!

Claro... pagodeiro... não poderia ser diferente. Mas o pior é aquela classe média que acredita na Veja. Cristo. Tem brasileiro que acha super bacana a medida extremada dos EUA que obriga qualquer brasileiro que faça conexão no território americano a ter um visto de transição (mesmo que não saiam do avião). Pela "pequena" quantia de US$ 120. "Quem sofreu um ataque como o 11 de setembro pode fazer isso" disse uma patricinha na porta do consulado. Então o Sudão deveria obrigar que qualquer um por lá tivesse um visto, também. Mas as patricinhas e o pagodeiro não se recordam do mega ataque de Clinton à única fábrica de aspirinas do Sudão em 1999.

Alguém acendeu uma velinha, rezou por um sudanês? Por um afegão? Por um iraquiano?
Sudão, gente. Aquele país paupérrimo onde muuuuuuita gente morre de fome todos os dias. Ou vítimas de uma guerra civil absurda. E atrás de tudo isso? EUA. E o pagodeiro emocionado. "Que linda é a América".

É que esse povo não entendeu direito o patriotic act... sem falar que hispânicos, árabes, brasileiros e outros são tratados "tão bem" nos Estados Unidos. Sonhos de conhecer a Disney, de fazer compras em Miami (ou conhecer a Berta Brasil Butique - com essa grafia mesmo)... pô, vai ser brega assim na casa do Carvalho!!!

Termino aqui pq o lead da notícia tá muito mal escrito. Falta informação. Mas estou com sono e vai esse mesmo.

Ô Alexandre Pires... vá cagar.



Escrito por kari às 00h15
[ ] [ envie esta mensagem ]


isso não é um mero roteiro...

Cena 1 - interior de uma casa no Ipiranga

O avô e a avó estão senis. Mas o nono não quer usar fraldas geriátricas, é teimoso e suja-se todo. Sobra pra nona. "Eu quero morrer, eu quero morrer, eu quero morrer!!!" grita a avozinha. Ela esperneia, chora, dramatiza e chama a morte. Não agüenta mais ter que limpar o nono.

Cena 2 - interior da mesma casa no Ipiranga, no dia seguinte

Está reunida a italianada na mesa da cozinha. Primos, tios e outra sorte de parentes venenosos.

"Ui pituco, toca New York New York pra vovó no órgão, toca?" grita a vovozinha entusiasmada ao seu netinho músico, sem limites para a cafonice. E lá vai o guri. Mas é interrompido pela mesma avó que decide colocar um CD do Agnaldo Rayol.

O nono aproxima-se. Cochicha algo no ouvido do filho. A avozinha percebe e começa a chorar e e berrar. "Eu quero morrer, eu quero morrer, eu quero morrer, eu quero morrer!!!" O filho se emputece: "ô cazzo, então traz logo o veneno e vamo acabá com essa porra logo, meo".

qualquer semelhança com fatos ou personagens reais NÃO é mera coincidência

Isso pq são toscanos. Imaginem se fossem sicilianos.



E adorei aquela troça sobre a prefeita que rolou na internet.

Pq usaram aqueles chapelões no casamento da Marta Suplicy?
Pras pombas não cagarem nos pombinhos.

Hahaha, sensacional!

Escrito por kari às 10h59
[ ] [ envie esta mensagem ]


Guten Morgen

Hoje sonhei em alemão. Bah. Como? Dormi assistindo Deustche Welle. :)

Ein Tasche... bitte!
Foi o que falei numa lojinha da Áustria... pedi uma sacola. A mulher me deu uma sacola. Fiquei tão feliz. Agora se Tasche (sacola) é substantivo feminino, masculino ou neutro... isso eu não sei. Mas se os gringos que aqui chegam pro carnaval (gordos e vermelhos de sol, dançando com os indicadores apontados pra cima e colar de flores de plástico a la havaiana) dizem "a carro, a ônibus, o mesa, o maçã" não serei yo que me preocuparei com o gênero.

Zhongguo

E aquela mega orgia na China ocorrida entre 400 turistas japoneses e 500 prostitutas chinesas num hotelzinho de luxo lá em Zuhai (sul da China)? Me schiatei de rir com a coluna do José Simão, hoje, na Folha de São Paulo:

(...) Suruba na Ásia dá azia! É que a polícia pegou 400 turistas japoneses numa megaorgia com 500 quengas chinesas num hotel no sul da China! Moral da orgia: todo mundo comeu com pauzinho! Rarará! Megaputaria interplanetária; 400 japoneses com 500 chinesas e nem me convidaram! É o yaksobe com yakmexe. E 500 quengas? Foi no Maracanã ou na Muralha da China? E sabe por que japonês compra camisinha de véspera? Pra fazer a bainha! E diz que quenga chinesa tem a periquita atravessada, na horizontal. É só passar o cartão de crédito! Rarará! E diz que uma minhoca chinesa entrou num prato de yakissoba pensando que era uma suruba japonesa! E sabe qual a diferença entre um sushi e uma periquita? O arroz! Rarará!

Hahaha, sensacional!!!! Nunca mais comerei yakissoba do mesmo jeito!!!

E agora... para algo completamente diferente: A CABOLHADA

Há tempos o Caco Galhardo é o meu cartunista predileto. Fuçando pelo site do raparigo encontrei uma série de cartoons: Dicionário de Lendas e Folclore da Internet.


Vejam mais lendas da net aqui.

Por hoje é só.
Zai jian = auf wiedersehen = até mais. :)

Escrito por kari às 11h05
[ ] [ envie esta mensagem ]


meu perfil... Ca, obrigada pela assinatura linda!!!



Nome - Karina B*

Idade- 21

Est. civil - enrolada

Local de nasc. - São Paulo, SP - Hospital 9 de julho, paulistanérrima!

Local onde mora - Higienópolis, São Paulo - SP

Uma cor - rosa :D

Uma flor - hibisco

Uma fruta - morango

Uma comida - shishbarak (uma sopa de coalhada com uma espécie de capelleti de carne de carneiro, prato árabe... quase choro de felicidade ao comer)

Um doce - torta de limão

Uma bebida - vinho... ô Pipico, e aquele nosso jantar com Chateau Latour??? ;D

Um perfume - Tendre Poison do Dior

Um esporte - Formula 1

Um time - Santos F.C.- santista roxa, doente, alucinada

Um número - 9... pq nove em norueguês é NI!

Uma música - "Denia" do Manu Chao... (mas a Noêmia prefere o "Bicho do Coco")

Uma ator - Vincent Cassel, Christian Clavier, Gerard Depardieu, John Malkovich, Heino Ferch, Zbigniew Zamachowski bla bla bla

Uma atriz - Marisa Orth (ela é tuuuuudo) e mais uma penca de atrizes européias (ou não) que ninguém conhece, pois não fazem filmes blockbusters

Um cantor - Amado Batista ;D Ah fala sério... Um só??? Gosto do Moby, Manu Chao, Chico Buarque, Paolo Conte, Sting, Eppu Normaali e mais uma penca. Ah, adoro Amado Batista.

Uma cantora - Najwa Karam, Mina (que brega, meo, mas a italiana é tudo), Dido, Fernanda Porto, Gwen Stefani, a vocalista do Brathanki, Urszula...

Uma mania - interromper as pessoas enquanto falam

Um vício - internet, café, origami, chocolate

Um sonho - ser uma boa jornalista, morar no Líbano, comprar um GPS pra me divertir a valer e, principalmente, conhecer a Polônia

Um projeto - estudar fora, aprender chinês

Um desejo - falar chinês fluentemente

Uma qualidade sua - inteligência

Um defeito seu - uma falta de modéstia terrível

Uma vontade - me aventurar pela área do fotojornalismo

Uma frase - "quando sou boa, sou ótima, quando sou ruim, sou melhor ainda"

Ultimo livro que leu - "Hiroshima" de John Hersey e "Fúria" de Salman Rushdie... estou lendo "O Chefão" do Mario Puzo, "As Boas Mulheres da China" da Xinran (já me acabei de chorar e nem terminei o livro), "Jornalistas" do Balzac (releio todos os anos).

Ultimo filme que assistiu - "Napoleão" com Christian Clavier, Gerard Depardieu, John Malkovich e Heino Ferch. Sim... quatro dos meus atores favoritos, vcs não imaginam a hérnia que tive. E ainda que a Isabella Rosselini era a Josephine. Ma-mã-ãe, puta elenco. Também assisti o "Sentiodo da Vida" do Monty Python.

Dia ou noite - madrugada

Sol ou chuva? - céu nublado, adoro Londres

Verão ou inverno? - inverno

Aurora ou crepusculo? - crepúsculo

Novo ou velho? - ambos... depende do novo e depende do velho (hahaha, tem que ser loiro!)

Rapido ou devagar? - rápido

Com ou sem gelo? - com muito gelo

Doce ou salgado? - doce

Piscina ou oceano? - oceano

Ouro ou prata? - prata

Amor ou paixão? - amor

Algo de que se arrependeu - de ter parado o curso de francês

Um ¨mico¨pago - o da nota de 20 reais... ;)

Uma maluquice - Estudar chinês, acho.

Gosta de dançar? - adoro dança do ventre

Gosta de jogos de azar? - Não. Jogos... só Age of Empires, War...

Acredita em Deus? - sim

E no destino? - Não. Acredito que colhemos o que plantamos.

Ou em Ets? - não. São muito mentirosos.

E em poderes sobrenaturais? - sim.

Em si mesmo? - absolutamente sim.

Em amor a primeira vista? - e a primeira leitura... e ao primeiro telefonema. Amor é uma coisa louca, inexplicável.

Quem é seu melhor amigo? meus melhores amigos sabem quem são.

Escrito por kari às 09h56
[ ] [ envie esta mensagem ]


Feliz dia internacional das pessoas idosas... e dos vendedores também!

Outubro começou. Será que a zica de setembro ficou pra trás? Espero que sim. Não tenho muito o que dizer... acho que ontem, por ter sido o último dia de setembro, meu dia foi um chorume completo. Passei por uma seleção de emprego super cansativa, depois fui pra Cásper e só deu merda. Uma atrás da outra, incrível. Fiquei muito puta, mas beleza. Voltei pra casa, hora de dormir, que bom, primeiro de outubro será um novo dia. Muito melhor. Ou não.

Deu no UOL Tablóide:

16h47 - 29/09/2003
Dupla assalta metalúrgica e foge; a gasolina acaba, e são presos
Da Redação
Em São Paulo

Dois homens furtarem cerca de R$ 24 mil em equipamentos eletrônicos de uma metalúrgica. Para surpresa de ambos, os rapazes tiveram aquilo que na Fórmula 1 se chama "pane seca": acabou a gasolina. Resultado: cadeia neles.

"Eles pegaram tudo o que puderam e colocaram os materiais em uma kombi. No entanto, na fuga, o veículo parou pois estava sem combustível. Com isso, eles seguiram a pé para a casa de um deles para retirar gasolina de um outro carro, e deixaram a kombi na rua", explicou o delegado Fábio Henrique Junqueira.

Uma denúncia anônima indicou o local onde a kombi havia sido abandonada. No momento da abordagem policial, a dupla estava retirando os equipamentos da kombi e passando para outro carro pois - além da falta de combustível, um dos pneus murchou.


Sensacional!!!

Nem jornalistas, nem jornaleiros

Olha isso. Que coisa feia... agosto, setembro, outubro e a capa não muda. Bah, que papelão. Da próxima vez escreverei uma matéria em setembro para ser publicada depois do carnaval. Essas cousas me emputecem. Mas eu entendo... o pessoal tem tanta coisa pra fazer... como bater a porta da Coordenação de Jornalismo na cara de outras pessoas por serem "editores".

Mundo gozado esse mundo. Sem dúvida.

E essa aqui? Cásper Líbero é cinco estrelas no guia do estudante? Haha. Que ironia... já somos quatro. Em breve três e, do jeito que vão as cousas, em breve a Faculdade Integrada de Pirocó terá melhor desempenho que nós.

Escrito por kari às 09h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


[ ver mensagens anteriores ]

 

ah!libanezza!




BRASIL, Sudeste, SAO PAULO, HIGIENOPOLIS, Mulher, de 20 a 25 anos, English, Italian, Viagens, Livros, Fotografia


    

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing public photos from karinabu. Make your own badge here.

[ moody me ]


[ adoro ]
 23a. Idade
 3 Amiguinhos
 40 Graus Celsius
 Airline Meals
 Al Jazeera
 Ah, tá bom então!
 Bat Biscate
 Brasilsky Komsomolets
 Cabeça Errada
 Caboclo Sem Dente
 Carioca Virtual
 Ciência em Dia
 El Cronopio
 Historinha
 Daniel Becher
 Dusko Du Swami
 Dawn
 Indi(a)gestão
 Introspecthive
 É tudo puta!
 Fazendo a Mendiga
 Irea
 Estrupixels
 Jet Site
 Just Juste
 Fabriquinha de Clássicas
 Karinissima
 Flies in the Marketplace
 Lux-Religare
 Lonely Planet
 Lady Metal
 Gongados
 Madame Gongadera
 Made in Brazil
 Meu Ouvido Não é Penico!
 No Armário da Cá
 Pensar Enlouquece
 Perez Hilton
 Pururuque-se
 Que Pressão é Essa?
 Querido Leitor
 Sajid and Zeeshan
 Santos no Inferno
 Sedotec
 Seung Ju
 Sarajane
 Shoe Me!
 Sorry Periferia
 Stonned Bunny
 Strange Maps
 Technicolor Kitchen
 Te dou um dado?
 Tony Góes
 Modellón
 Tudo Pode Virar Crônica
 Uma Questão de... (Angola)
 Uniform Freak
 Viaje na Viagem
 Yalla!
 Oh Pakistan!
 Yuppie Guy



[ adote, doe ]
3 Amiguinhos
Anjos para Adocao
Jardim dos Amiguinhos
Jardim dos Amiguinhos - flog
Kantinho dos Peludos Novidades Bichos
Quero um bicho!
Vamos Ajudar!
Vittorio!







My 43 Places

[ brazzies overseas ]

23a. Idade
Astarojna
Balzakiana
Farofa na Neve
Meu Cantinho
No Armario da C?
O Imigrante ? um Forte
Pensamentos e Poesias
Shanghai Pudong - GRU

 


[ fun ]

Alan Sieber
Caco Galhardo
Camilla Eriksson
Kibe Loco
Maitena
N?quel Nausea
Radicci
Sarajane Fotonovelas
Sherman's Lagoon
The Far Side


[ fratelli d'Italia ]

Blob of the Blogs
Diario di Periferia
Grazie, Silvio
Il Tao del Blog
Momoblog
Se me lo Dicevi Prima
Silvio Berlusconi
Uiall?ll?
Voglia di Terra
Zoomata


[ links ]

Aria Database
Bayerische Staatsoper
Dawn
Fodor's
Footprint
Frommer's
Geoeconomy
Lonely Planet
Panrotas
Plastic.com
Reporters Without Borders
Robert Fisk
Rough Guides
World Newspapers
World Press Review
The Opera Critic
Trek Lens
Tripmates
World is Round



 



[ once upon a time ]

- 01/07/2008 a 31/07/2008
- 01/06/2008 a 30/06/2008
- 01/05/2008 a 31/05/2008
- 01/04/2008 a 30/04/2008
- 01/03/2008 a 31/03/2008
- 01/02/2008 a 29/02/2008
- 01/01/2008 a 31/01/2008
- 01/12/2007 a 31/12/2007
- 01/11/2007 a 30/11/2007
- 01/10/2007 a 31/10/2007
- 01/09/2007 a 30/09/2007
- 01/08/2007 a 31/08/2007
- 01/07/2007 a 31/07/2007
- 01/06/2007 a 30/06/2007
- 01/05/2007 a 31/05/2007
- 01/04/2007 a 30/04/2007
- 01/03/2007 a 31/03/2007
- 01/02/2007 a 28/02/2007
- 01/01/2007 a 31/01/2007
- 01/12/2006 a 31/12/2006
- 01/11/2006 a 30/11/2006
- 01/10/2006 a 31/10/2006
- 01/09/2006 a 30/09/2006
- 01/08/2006 a 31/08/2006
- 01/07/2006 a 31/07/2006
- 01/06/2006 a 30/06/2006
- 01/05/2006 a 31/05/2006
- 01/04/2006 a 30/04/2006
- 01/03/2006 a 31/03/2006
- 01/02/2006 a 28/02/2006
- 01/01/2006 a 31/01/2006
- 01/12/2005 a 31/12/2005
- 01/11/2005 a 30/11/2005
- 01/10/2005 a 31/10/2005
- 01/09/2005 a 30/09/2005
- 01/08/2005 a 31/08/2005
- 01/07/2005 a 31/07/2005
- 01/06/2005 a 30/06/2005
- 01/05/2005 a 31/05/2005
- 01/04/2005 a 30/04/2005
- 01/03/2005 a 31/03/2005
- 01/02/2005 a 28/02/2005
- 01/01/2005 a 31/01/2005
- 01/12/2004 a 31/12/2004
- 01/11/2004 a 30/11/2004
- 01/10/2004 a 31/10/2004
- 01/09/2004 a 30/09/2004
- 01/08/2004 a 31/08/2004
- 01/07/2004 a 31/07/2004
- 01/06/2004 a 30/06/2004
- 01/05/2004 a 31/05/2004
- 01/04/2004 a 30/04/2004
- 01/03/2004 a 31/03/2004
- 01/02/2004 a 29/02/2004
- 01/01/2004 a 31/01/2004
- 01/12/2003 a 31/12/2003
- 01/11/2003 a 30/11/2003
- 01/10/2003 a 31/10/2003
- 01/09/2003 a 30/09/2003
- 01/08/2003 a 31/08/2003
- 01/07/2003 a 31/07/2003
- 01/06/2003 a 30/06/2003
- 01/05/2003 a 31/05/2003